Não está fácil para os condutores brasileiros. Para os capixabas, menos ainda. O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran ES) divulgou a lista com cerca de 43 mil motoristas que estão com a carteira de habilitação ou permissão para dirigir cassadas. Por se tratar de infração gravíssima, a multa cobrada para quem estiver na lista e for pego dirigindo é de R$ 957,69. Isso acontece dias depois do governo federal adiar a obrigatoriedade de uso dos extintores de incêndio do tipo ABC em veículos, no lugar dos BC antes utilizados, por mais 90 dias. Ou seja: um morde e o outro assopra.

Para o diretor do Detran capixaba, Fabiano Contarato, a divulgação dos nomes visa informar a condição infratora aos condutores para que, caso sejam parados em abordagem da Polícia de Trânsito, não aleguem desconhecimento.

Publicidade
Publicidade

Para saber se você está na "lista dos desesperados", acesse o site do Detran e confira.

Já a alegação para o adiamento da obrigatoriedade de uso de extintores ABC nos carros brasileiros foi a dificuldade de motoristas em adquirir os novos extintores em lojas especializadas. Quando a norma estiver valendo, daqui a cerca de 90 dias, quem não se adequar pode ser multado em R$ 127,69 e perder cinco pontos na carteira de habilitação.

Surpresa foi ver na televisão, ao vivo, um teste com as mais novas vedetes do Código de Trânsito Brasileiro (quem não se lembra dos famigerados kits de primeiros-socorros que uma vez foram exigidos, mas nunca cobrados?). A mudança de especificações de extintores se deu supostamente porque os do tipo ABC deveriam controlar incêndios em qualquer tipo de material, inclusive estofados, painel e outros acessórios do veículo.

Publicidade

Deveriam, mas não foi o que se constatou durante a reportagem, quando um soldado do corpo de bombeiros não teve êxito ao apagar um veículo em chamas com os oásicos extintores ABC.

Nesse tiroteio, perdidos ficam os capixabas. Com um diretor seu delegado no comando do órgão de trânsito, não só a caça às bruxas (motorizadas) deve se intensificar nas ruas do Espírito Santo, visando "o bem maior das famílias capixabas". Eles devem se juntar aos demais condutores brasileiros, que terão que se acostumar com mais um gato por lebre (vulgo ABC) que novamente nos empurram escapamento abaixo. Buzine com um barulho desses. #Justiça