A história a seguir é um exemplo de honestidade que deve servir de inspiração para todos. Pois ser honesto é mais do que uma qualidade e sim, uma demonstração do bom caráter e da educação exemplar. Em uma sociedade egoísta e egocêntrica, em que vale 2 ditados: "cada um por si e Deus por todos" e "o mundo é dos espertos", uma notícia que relata um caso de devolução espontânea de dinheiro é digna de uma salva de palmas e uma grande admiração. Veja o que aconteceu.

Catadora de recicláveis

Catar produtos recicláveis é um trabalho braçal que exige esforço físico e mental. Pois o trabalho é realizado na rua, diariamente, em tempo chuvoso ou ensolarado.

Publicidade
Publicidade

Além disso, o valor do salário pago para os catadores é muito baixo, sendo o suficiente apenas para sobreviver e, talvez, para pagar as contas em dia. Já quem trabalha nesse ramo como autônomo, a situação piora, pois nem mesmo conseguir o valor equivalente a um salário mínimo é garantido. Trabalhando no ramo de coleta de recicláveis e ganhando pouco, a catadora Ana Maurícia dos Santos Cruz encontrou um envelope com cheques cuja somatória equivale ao valor de R$250.000,00. Esse dinheiro poderia mudar a vida dela por completo. Entretanto, como caráter e honestidade não tem preço, ela preferiu devolver e ficar com a consciência tranquila.

O Hospital do Câncer de Barretos (São Paulo)

O valor encontrado por Ana Maurícia foi uma doação feita para o Hospital do Câncer de Barretos. Agora, como os administradores do hospital irão explicar como que eles simplesmente jogam fora duzentos e cinquenta mil reais? A doação foi arrecadada em um leilão, provavelmente quem doou pensou que o hospital estava necessitando de verba para manter a unidade de atendimento a quem precisa.

Publicidade

O hospital garantiu que vai apurar como os cheques foram parar no lixo. Independente do motivo, esse fato foi no mínimo uma grande irresponsabilidade. Não é somente a população de Barretos que deseja saber o que houve, é o Brasil inteiro, pois a instituição é conhecida nacionalmente, pede e recebe doações de todo o país.

O dinheiro

Para ter uma ideia do que é possível fazer em Barretos com R$250.000,00, em uma breve pesquisa, é possível verificar que essa quantia é o suficiente para comprar à vista uma casa simples, uma pequena fazenda e um carro popular 0 km. Ana Maurícia negou essa possibilidade e devolveu o dinheiro para o hospital. Para agradecer, a instituição prometeu um emprego.

Pessoas honestas, de bom caráter, como a Ana Maurícia despertam o sentimento de esperança que ainda existem pessoas dignas de confiança.

Será que outra pessoa faria o mesmo que ela fez? Você devolveria o dinheiro? Devemos refletir sobre isso e analisar o atual modelo de sociedade em que vivemos. #Opinião