Ter uma segunda carreira começa a fazer parte do dia a dia de muitos profissionais, seja por motivos pessoais ou até mesmo interpessoais.

Um exemplo simples que podemos ver são mães e esposas deixando de ser apenas simples donas de casa, indo ao mercado de trabalho e conquistando o seu espaço. Mas não se resume somente a isso. Por influências econômicas ou por iniciativa própria, muitas pessoas estão deixando a comodidade de lado e buscando se profissionalizar e exercer outras funções além das que são pertinentes ao seu cotidiano.

De acordo com a revista Você S/A, foi desenvolvida uma pesquisa na qual 40% de 2.400 pessoas resolveram iniciar uma carreira paralela, muitas delas motivadas apenas pelo ganho financeiro ou insatisfação no trabalho atual, como um plano de aposentadoria ou uma forma de ajudar alguém próximo como um filho ou um cônjuge.

Publicidade
Publicidade

Esse movimento é comum em ambos os sexos e independe de idade, e especialistas revelam que a atividade complementar seja algo prazeroso, que proporcione satisfação pessoal. Por que uma carreira paralela é muito diferente de um hobby ou apenas um segundo emprego?

Abaixo veja as diferenças:

Segundo Emprego

Atividade Paralela

Hobby

Carreira Paralela

Quando você exerce a mesma atividade, só que para empregadores diferentes.

Atividades pontuais, mas dentro das suas atividades principais.

Ocupação que pode até ser remunerada, porém não exige responsabilidade ou compromisso profissional.

Atividades distintas realizadas simultaneamente. Ambas exigem responsabilidade e compromisso.

Fonte: especialistas.

Publicidade

São inúmeros os benefícios em ter mais de uma carreira. Em um primeiro instante essa seria uma proteção contra o desemprego, e vale ressaltar que se você está em um alto cargo, maior é a dificuldade de recolocação profissional em caso de demissão. Logo em seguida temos outro benefício, a ousadia, ou seja, saber que há outra alternativa no caso de a primeira carreira der errado, isso faz com que os profissionais ousem mais.

Ter duas atividades requer uma dose extra de motivação e preparação para se planejar. Sendo assim a recomendação é: Antes de escolher uma carreira paralela, busque conhecer sobre a área, veja se realmente se adequa ao seu perfil e verifique como anda esse mercado.

Para ficar mais fácil, leve em consideração essas três observações:

1- Causa

Saiba o motivo que o leva a ter uma segunda carreira. Isso é essencial para que não acabe prejudicando a carreira principal. Envolver-se apenas por dinheiro pode colocar tudo a perder.

2 - Situação Atual

Verifique a sua rotina atual, como anda o seu trabalho nos finais de semana, se você viaja muito, o tempo para sua família.

Publicidade

Sua condição atual familiar e profissional te permite ter uma dupla jornada?

3 - Perfil

Se você é do tipo que não gosta de correr riscos e é acostumado apenas com a rotina, exercer uma segunda carreira é inviável. A pessoa tem que ser flexível, determinada e cheia de energia, caso contrário não suportará exercer duas ou mais atividades ao mesmo tempo..

Enfim, seja qual for o motivo que o leve a buscar uma segunda carreira, antes de tudo trace um planejamento e verifique como ficará com mais uma atividade. É um passo importante para que o projeto seja bem-sucedido. Claro que você terá menos horas livres e muito mais responsabilidades, pois é um grande desafio. Porém, se alcançar os seus objetivos, verá que vale a pena! #Negócios #Comunicação