Júlio Feliciano da Silva, de 33 anos de idade, é um ex-policial que foi condenado e expulso da corporação por assassinato. Sem salário e sem uma graduação, ele resolveu estudar na própria cela. O ex-policial fez uma promessa para si mesmo, disse que sairia dali com um diploma. Ele foi condenado a 15 anos de prisão e já faz cinco anos que está preso. Agora, quer dar uma virada em sua vida e se tornar um bom profissional.

Júlio começou a estudar em 2009, quando foi preso. No ano de 2014, passou em Direito e Letras nas duas melhores universidades de Pernambuco. Ele está muito feliz e pensa no futuro, afinal, quando sair da cadeia vai precisar trabalhar.

Publicidade
Publicidade

Fez o exame do Enem, aguarda o resultado e, dependendo da sua nota, novas oportunidades virão.

O ex-policial está muito focado em seus estudos. Apesar dos recursos, a Justiça o impediu de frequentar as aulas de Direito. Agora ele espera que o Superior Tribunal Federal permita que ele faça a Graduação em Letras, que é na modalidade à distância. O ex-PM divide a cela com outros presos, mas diz que consegue se concentrar nos estudos. Ele traçou um plano de aula dentro da cela e diz que também é professor dos outros presos.

Os presos têm uma vantagem dentro da cadeia se ler um livro por mês e apresentar o resumo da obra: eles têm direito a quatro dias de redução da pena. Dentro da penitenciária, há um Campus da Universidade da Paraíba. O Campus oferece cursos preparatórios para os presos e Júlio tem acesso às aulas.

Publicidade

Daqui para frente, o ex-policial só pensa em estudar e se formar. Ele diz que quer ser um bom profissional e ajudar muitas pessoas.

Apesar de estar cumprido pena, o ex-policial militar agora vê um futuro melhor para ele. Se dedica muito e quer crescer na carreira. Afirma que muitos brasileiros mudaram de vida através do estudos. Diz também que, depois que começou a estudar, adquiriu grandes conhecimentos. Sua cabeça agora é outra: vai lutar pelos seus sonhos, até porque já leu muitas histórias parecidas com a sua. #Educação