A vaidade em excesso leva pessoas a praticarem atos que acabam se voltando contra elas próprias. Ser vaidoso é natural, principalmente para as mulheres, mas tudo tem que ser feito de uma forma saudável e coerente. Usar maquiagem, uma base, pó compacto, rímel, crayon, batom, sombra é normal, e realça a #Beleza e feminilidade da mulher. O excesso não é recomendado, pois pode se tornar um vício e fazer com que a mulher seja até ridicularizada.

Muitas mulheres exageram na dose e compram muita maquiagem e produtos estéticos, e vira um vício compulsório adquirir tantos produtos. Muitas ficam fanáticas pela vaidade e ultrapassam o limite do normal.

Publicidade
Publicidade

Tudo vale a pena em nome da beleza?

É normal que a pessoa faça a mão e o pé uma vez por semana, faz parte da higiene e trato pessoais, mas seria normal fazer todos os dias? Creio que não, mas há mulheres que vão ao salão de beleza todos os dias, uma vaidade extremamente excessiva. E esses procedimentos realizados diariamente se tornam prejudiciais à saúde. E o mesmo vale para os cabelos: Há quem os faça uma vez ao mês, mas fazê-los todos os dias, é normal? Não é recomendável, principalmente em se tratando de secadores e chapinhas, pois acabam danificando o cabelo e enfraquecendo o couro cabeludo.

Muitas práticas de estética realizadas pelas mulheres tem um fundo psicológico: o fato de terem medo de não serem aceitas pela sociedade. O mundo de hoje é voltado para padrões estéticos e de beleza.

Publicidade

A #Moda, a tv, as revistas, a mídia, as propagandas, estereotipam os padrões e assim as mulheres, para não se sentirem rejeitadas, acabam cedendo a esses apelos.

É importante lembrar que a beleza interior precisa ser cultivada para que a exterior apareça. De que adianta a parte externa ser perfeita, se dentro há um vazio? O que adianta a mulher ser linda, maravilhosa, malhada, com cirurgias reparadoras, se não possui as qualidades e valores que todo ser humano precisa ter que são: a comunicação, a inteligência, o discernimento, a sabedoria e o amor-próprio?

É preciso pensar no limite entre o eu interior e o ser exterior, principalmente quem vive do sucesso e da fama, e precisa da aparência para sobreviver. O corpo precisa ser cuidado de uma forma saudável e natural, pois a saúde é o principal na vida.

A beleza, a moda e padrões estéticos passam e mudam rapidamente, pois eles caminham de acordo com o mercado e comércio voltados para essa área. Sempre estão lançando inovações. pois as empresas lucram e enriquecem com a comercialização dos produtos.

É preciso cultivar a sabedoria, valorizar a arte, investir na educação, pois são valores que não passam mas sim que se desenvolvem em nós. É preciso ter uma religião e buscar a Deus, e lembrar das palavras: "Tudo me é lícito, mas nem tudo me convém".