Deixam-se levar pela inutilidade da presunção, sem perceberem que ela, além de lhes nulificar é um sentimento que vem a prejudicar, porque rápido, os amigos começam a notar o quão danosa está sendo sua presença e o instinto primeiro é ligeiro, o de se afastar. Os que partem para este caminho de vaidades são antes de tudo uns insensatos que não percebem o quanto podem perder com o distanciamento. Simplesmente estão a fazer de suas vidas uma sem graça comédia, que passa a não combinar com as expectativas de ninguém.

Isto é fato real, existem certos elementos que aos poucos vão se elevando a um nível que nunca obtiveram e que ninguém entende por que se deixaram dominar por tal sentimento.

Publicidade
Publicidade

O vaidoso, sem se dar conta vai perdendo o bom senso e passa a se tornar arrogante, sendo que, em qualquer lugar em que se encontre são julgados pessoas não gratas, pois na vanglória se tornam inconvenientes. A não ser por aqueles extremamente dependentes do vaidoso, aqueles que vivem nas falsidades de elogios e em descabidas bajulação.

No meio social, muitos destes elementos transitam pensando ser mais do que os outros e é quase certo que vocês, alguma vez, já sentiram o desprazer de fazer parte de um convívio com tipos assim, principalmente aqueles um pouquinho mais abastado em bens materiais, se acham os tais, os mais inteligentes que sabem de tudo, embora em escutas se distinga o quanto são ridículos, se acham os mais espertos e vivem a repetir bobamente para eles mesmos, “eu é que sei pensar e a solução para todos os problemas encontra-se aqui na pontinha da língua”, só que a tal língua já levou milhões de doídas mordidas dos próprios dentes!

É difícil achar uma qualificação para os que agem assim, alguns os chamam de infelizes otários de si mesmos, mas não é bem assim, eles, de otários não tem nada, pelo contrario, são espertos por demais e em sua presunção pensam realmente serem os donos do pedaço tentando em convencimentos repassar aquilo que na real nunca chegarão a ser!

A vaidade, em sua nua e crua realidade, é o câncer do social, a perda completa da moralidade.

Publicidade

Existem ainda aqueles vaidosos que são profundo conhecedores da alma humana e usam este conhecimento para melhorias em sua vida e para a elevação de seu ego pessoal.

Felizmente também existem muitos que não deixam que venham a obter lucros sobre seus sórdidos interesses, pois existem aqueles, e isto em todos os seguimentos da sociedade, que agem como os gaúchos em seus cavalos, sempre sabem o lado que devem montar... #Opinião