A #Petrobras foi intimada a comparecer a primeira audiência relacionada às ações de investidores que pedem o ressarcimento do dinheiro utilizado pela estatal e que foi perdido com #Corrupção.

A audiência será realizada dia 20 de fevereiro, nos Estados Unidos e será dirigida pelo juiz Jed Rakoff, integrante da Corte de Nova York. Durante a ocasião, Jed será responsável por escolher apenas um líder entre os cinco investidores que entraram com a chamada ‘class actions’ ou ‘ações’. O escolhido será responsável por representar todos os outros investidores que fazem parte da causa.

As ações dos investidores contra à Petrobras foi aberta em dezembro e a principal finalidade é o ressarcimento do dinheiro investido na estatal que foi gasto com supostos casos de corrupção e lavagem de dinheiro.

Publicidade
Publicidade

Após o juiz escolher o investidor que será o líder do processo, o escritório do escolhido irá representar todos os outros e defender os interesses de todos os acionistas. Geralmente a escolha do líder recai por aquele que apresenta as maiores perdas.

Uma semana após ter ocorrido a audiência, sem que haja a presença de juiz, o investidor líder escolhido será responsável por apresentar uma petição única, na qual deverá consolidar todas as reclamações. Contudo, a Petrobras se pronunciou, afirmando que já contratou um escritório americano especializado e que este irá defender firmemente todas as alegações feitas pelas ações dos investidores contra a estatal.

Em relação as ações, estas foram propostas em nome de investidores titulares, pertencentes a ADRs, ou ‘American Depositary Receipt’, que representam títulos de emissores estrangeiros negociados na Bolsa de Nova York e que pertenciam a companhia.

Publicidade

Portadores de títulos emitidos entre os anos de 2013 e 2014 também fazem parte de reclamantes.

O processo não contemplará apenas aqueles que aderiram ao processo, e sim, todos os investidores. Os reclamantes são assets, acionistas individuais, investidores de fundos, family offices, entre tantos outros.