Dia 2 de abril é o Dia Mundial da Conscientização do Autismo. Durante toda a semana, diversas campanhas estão sendo realizadas por diferentes ONG's. A ação: 'Acenda uma luz para o Autismo', está tendo bastante destaque. Muitas pessoas já estão acendendo uma luz azul para a causa, espalhando a campanha nas redes sociais com a tag #LuzAzul.

Ainda nas redes sociais, a ONG 'Autismo e Realidade', que ajuda e informa a população e, principalmente, as famílias com pessoas autistas, vem divulgando a semana da Conscientização do Autismo e atraindo diversas pessoas para a campanha.

Nesta semana vista azul e seja amigo do autista

Desde a última segunda feira (30), o CCBB (Centro Cultural do Banco do Brasil) em Brasília, vem realizando projetos e palestras voltadas ao Autismo e diferentes deficiências.

Publicidade
Publicidade

A campanha teve início com o 'Cine Debate', apresentando os filmes 'Mary e Max', 'Sei que vou te amar', 'Temple Grandin' e 'Adam', seguido de um debate com as convidadas Dra Christiane Kanzler e a professora Adriana Alves, que é diretora do MOAB, mão de autista. Foi ministrada também a palestra 'Autismo 'Um mundo a descobrir'.

No dia 1º de abril serão realizados mais projetos, entre eles, o 'Fashion Inclusivo', que é um desfile de moda para as crianças e jovens portadores de diversas deficiências, para mostrar e divulgar a capacidade das pessoas especiais e motivá-las para a inclusão social.

No dia 2 e abril, continuando as atividades, acontecerá a visita mediana para o público espontâneo, com o foco nas famílias com autistas. Além disso, haverá o 'Em cantos e contos', projeto de atividade para que o visitante possa ter um novo olhar sobre as exposições em cartaz e o 'Livro Vivo', que propõe uma leitura coletiva, desdobrando imagens e interpretações.

Publicidade

O 'Musicando', oficina de arte para pessoas com deficiência, também está na programação, entre outras atrações.

O Autismo

Trata-se de um transtorno de desenvolvimento que, geralmente, aparece já na infância, nos três primeiros anos de vida. O transtorno do Espectro Autista é definido pela presença de déficits presentes na comunicação social e interação em múltiplos conceitos. Ainda são desconhecidas as causas do autismo, mas sabe-se que a genética tem um papel nas causas do transtorno.

Pesquisadores afirmam que o transtorno afeta mais os meninos. Uma criança diagnosticada com o autismo altamente funcional poderia ser confundida simplesmente por uma criança tímida. Os sintomas comuns são que os autistas têm dificuldades em interações sociais, não conseguem brincar de faz de conta, por mudanças no cotidiano podem sofrer alterações emocionais anormais, fazem movimentos repetitivos, entre outros.

O Autismo é uma doença em estudo, não tem cura. O que se deve fazer é lidar com a realidade de cada um e ajudar o autista a se aceitar, para por fim as diferenças e pelo bem do convívio social.