Quem fez o ensino médio numa escola em que professores se preocupavam com informação e, principalmente, em serem formadores de opiniões, deve saber que a Austrália, o país das grandes ondas para o surfe, foi povoada por ingleses considerados de alta periculosidade para a sociedade e, portanto, enxotados para um lugar ainda inexplorado. Por conta disso, deve ter aprendido também que os grandes desbravadores, chamados pelo honroso adjetivo "Bandeirantes", eram, na verdade, perigosos criminosos em Portugal, bandidos, ladrões, assassinos, estupradores que para cá foram mandados para explorar uma terra desconhecida mas que escondia muitos tesouros: mulheres (índias) que andavam nuas, e muitos garimpos de pedras preciosas.

Publicidade
Publicidade

Borba Gato, Raposo Tavares, entre outros, que nos desfiles cívicos das décadas de 60, 70 e 80 eram chamados de heróis. Pois bem, os professores que davam aulas nesses 30 anos o faziam com amor, pois eram vigiados e muitos desapareciam se falassem o contrário. Mas existiam aqueles que trabalhavam a favor da verdade e da forma que podiam, passavam informações verdadeiras aos seus alunos. Importante dizer que houve uma época em que professor era considerado uma autoridade. Diferente do que acontece hoje.

Todos os brasileiros sabem que a #Corrupção, o suborno, a maledicência são costumes antigos no país em que tudo se plantado, dá. Inclusive bandidagem de colarinho branco. A corrupção não é uma prática exclusivamente petista, ela apenas se fez mais visível porque foi feita de forma escancarada e escandalosa.

Publicidade

Quem pode defender Fernando Henrique Cardoso pelo escândalo na compra de votos de parlamentares para aprovar a reeleição de presidentes e governadores em toda a Federação? Quem pode defender, além de FHC, os famosos políticos do PSDB quanto aos 45 escândalos que envolvem o partido, incluindo muitos participantes no mensalão, que foi o grande escândalo que fez o PT desmoronar?

Estão tentando convencer o povo brasileiro de que o Brasil é um país democrático. A democracia não existe se o voto for obrigatório.  #História