Nessa semana, os terminais de ônibus de Blumenau - SC começaram a contar com a presença de vigilantes. A ação considerada urgente, também marcou o final da paralisação dos trabalhadores do transporte público.A medida foi decidida após a assembleia dos profissionais do setor liderada pelo Sindicato dos Empregados nas Empresas Permissionárias do Transporte Coletivo Urbano de Blumenau e Gaspar (Sinditranscol).

Todos os trabalhadores aderiram ao movimento, incluindo motoristas e cobradores permanecendo por dois dias em estado de #Greve.  A manifestação prejudicou aulas nas escolas, o comercio da região, o transito em toda a cidade, além dos trabalhadores que necessitam do transporte.

Publicidade
Publicidade

Mesmo assim, a medida tinha a intenção de buscar mais segurança nos terminais urbanos de Blumenau, após alguns atos de vandalismo e violência nesses locais. Entre as sete medidas sugeridas, a principal delas foi a que atende a reivindicação de segurança, que já foi colocada em prática nos seis terminais da cidade, com a presença de dois vigilantes por terminal, um em cada turno de oito horas (das 6h30min às 13h30min e das 14h30min às 22h30min).

Os vigilantes são de uma empresa terceirizada e atuam apenas com cassetetes, sem utilizar armas de fogo. Logo nas primeiras horas de #Trabalho, já foram registradas ocorrências em alguns terminais, onde algumas pessoas tentaram entrar sem pagar a tarifa. No terminal da Fortaleza, o vigilante precisou chamar a Polícia Militar para conter um homem que se negava a pagar o valor.

Publicidade

A ação gerou dúvida para os usuários do transporte, já que o segurança estava sozinho e poderia não dar conta de conter o sujeito e a Policia demorou em chegar ao local.

Para que sejam efetivas, essas e outras medidas de segurança já estão em andamento, como a de policiais intensificarem as rondas. Além disso, as demais reivindicações da categoria, como bilheterias com ponteiros, central de monitoramento, melhoria na iluminação, estações de pré embarque e não haver mais parada nos pontos finais estão em andamento e devem ser colocadas em pratica nos próximos dias, pelo Seterb .