Na data em que se comemora o dia internacional da mulher, 8 de março, é um momento para reflexão sobre até que ponto valeu a pena todo o sacrifício da mulher durante anos para conseguir o seu espaço na sociedade machista. E qual a dimensão desse espaço?

Historicamente, ocorreu um grande equívoco a respeito da submissão da mulher cuja condição é tratada até na Bíblia. A ignorância fez com que muitos homens interpretassem erroneamente ou até de forma conveniente para subjugar a mulher. Ainda hoje, esta crença na submissão repercute em #Violência e humilhação. Durante muito tempo, as mulheres foram submetidas à escravidão e em alguns países ainda são.

Publicidade
Publicidade

A conquista da independência da mulher em diversos países ocorreu há muito tempo. No campo profissional, são muitas as que trabalham. Atualmente, 42,7% de funcionários no Brasil são mulheres. E mesmo com todo o preparo acadêmico e profissional, elas ainda recebem salários 27% menores do que dos homens. Por que acontece esta situação?

Fatores como depreciação, machismo nas organizações - em que grande parte dos cargos de gestão ainda são ocupados por homens -, aceitação tácita por parte das trabalhadoras que aceitam salários aquém das responsabilidades que exercem e o medo de perderem suas posições de #Trabalho fazem com que os salários pagos pelas empresas sejam inferiores aos dos homens, que demonstram serem melhores negociadores.

De acordo com estimativas da ONU, o prazo de atingimento da equidade de gênero na economia é de 81 anos.

Publicidade

Enquanto isso as mulheres continuarão a 'dar o sangue' para mostrar sua competência no mercado de trabalho, demonstrando que conseguem conciliar a vida pessoal com a carreira profissional. As mulheres modernas são esposas, mães, domésticas, administradoras do lar e ainda realizam os aportes financeiros para saúde do orçamento familiar, buscando oferecer melhores oportunidades aos seus filhos.

Felizmente, existem alguns homens que demonstram apoio às causas femininas. Alguns defendem até que as mulheres deveriam ganhar mais, por terem que arcar com produtos para manterem sua aparência impecável. De certa forma, este ponto de vista é bastante pertinente, uma vez que a sociedade cobra que a mulher seja o símbolo de beleza. Para atender às exigências com aparência, é necessário gastar com roupas, sapatos, #Maquiagem, acessórios, salão de beleza, dentre tantos outros itens de consumo.

O dia 8 de março foi escolhido para homenagear as operárias que morreram nesse dia, no ano de 1857, por estarem lutando por melhores condições de trabalho.

Publicidade

Cerca de 130 tecelãs foram sacrificadas em um ato extremamente desumano.

Mulheres, é importante refletir até que ponto vale a pena sacrificar a vida com jornadas intensas de trabalho, em que - salvo algumas exceções - é tão evidente a ocorrência de discriminações, tanto nas estruturas organizacionais quanto nas familiares. A força da mulher já foi bastante ressaltada, demonstrando aguentar mesmo o rojão, mas daí a continuar a ser super-heroína é outra história. Parabéns a todas as mulheres guerreiras.