Uma pizzaria nos Estados Unidos é acusada de homofobia e fecha as portas por medo de represálias de ativistas LGBT. Duas pessoas se conhecem, se interessam, se amam e resolvem se casar, contratam salão, decoração e o buffet da festa, até aí, uma história normal, como a de muitos outros casais mundo afora, a diferença, é que o casal desta história, é gay.

Com interesse de contratar uma pizzaria para prover o buffet da festa, um casal homossexual optou pela 'Memories', em Indiana, só não esperavam a negativa de fornecimento pelo fato de que a opção afetiva do casal fosse fato impeditivo.

Os proprietários da pizzaria informaram que não poderiam fornecer ao casal o buffet para sua festa, pois a opção deles feria os princípios e convicções religiosas de que são adeptos.

Publicidade
Publicidade

O caso ainda gerou mais polêmica porque foi declarado oficialmente à imprensa local que eles não poderiam fornecer os alimentos baseados em sua religião.

Em nota, Crystal O'Connor, proprietária da pizzaria, informou que em nenhum momento quis ofender ninguém, mas que aquele era um estabelecimento cristão e que, baseando-se em sua fé, não poderiam atender o casal, afinal, todos são livres para acreditarem no que quiserem. Desde a manifestação pública à imprensa de Indiana, a pizzaria e os proprietários tem sido alvo de repúdio nas redes sociais, sofrendo inclusive ameaças de ter o restaurante incendiado por membros da comunidade LGBT.

Apoio ao restaurante

Após o episódio, com o fechamento do estabelecimento, o 'The Blaze' abriu uma página para angariar fundos à família proprietária da pizzaria para que pudessem ter algum suporte e subsistência durante a investida dos jornalistas e os contínuos ataques dos ativistas ligados à LGBT.

Publicidade

O episódio está sendo chamado de "Guerra Cultural".

Hoje, o restaurante está aberto e, as doações feitas ao site em prol da família dos donos da pizzaria, chegaram à soma de U$ 840 mil dólares, algo em torno de R$ 2,6 milhões de reais. O noticiário The Blaze, que ajudou o restaurante, é notoriamente conhecido por seu conservadorismo.

Legislação polêmica

O governo de Indiana sancionou recentemente uma lei chamada de "Lei da Restauração da Liberdade Religiosa", que prevê a não intervenção do governo de modo a restringir pessoas, empresas e afins de atuarem de acordo com suas convicções religiosas, portanto, dando amparo à postura mantida pela pizzaria, sem que haja qualquer penalização.

A Lei causa polêmica nos EUA e passa por reavaliação do legislativo, depois de muita resistência de companhias e famosos. #Opinião