Pensem nas criancas mudas telepáticas. Pensem nas meninas cegas inexatas. Pensem nas mulheres rotas alteradas. Pensem nas feridas como rosas cálidas (Vinícius de Moraes, Gerson Conrad). Estes versos são aplicáveis em situações nas quais a solidariedade deve se manifestar como uma réstia de esperança de dias melhores para pessoas que sofrem as consequências de grandes desastres naturais.

Não importa, agora, verificar se ele poderia ter sido minimizado, se alguém poderia ter avisado, se algum aparato tecnológico estaria disponível para que as pessoas pudessem ser avisadas. Não importa muito concentrar todo o poder de fogo da multimídia e da hipermídia para causar qualquer sentimento que seja.

Publicidade
Publicidade

O espetáculo de pão e circo sempre estará presente, mas isto não significa que deve-se lutar contra isto.

É grande o número de crianças que precisam de ajuda. A Unicef - Fundo das Nações Unidas para a Infância informou que milhares de crianças estão ao relento e sujeitas a grande volume de propagação de doenças. Perto de 1 milhão de crianças habitavam a região e grande número delas estão desabrigadas.

A restrição de acesso à água potável e instalações sanitárias expõe as crianças a doenças oportunistas que se propagam via aérea e encontram condições favoráveis de vicejar em crianças desnutridas e desamparadas. Não pense em uma roupinha bonita, nem pense em mandar as velhas bonecas que suas filhas não usam mais. O que as pessoas precisam são água, remédios, cobertores, roupas simples, tendas e outros aparatos que são utilizados em ocasiões de tragédias como esta.

Publicidade

O sismo destruiu as infraestruturas básicas de uma cidade e de um país que tem poucos recursos. O país das alturas, com o céu ao alcance das mãos, de mistérios, de espiritualidade desenvolvida e presente, a quase nove mil metros do chão, onde o Everest reina majestoso sofreu um duro golpe.

Um novo terremoto voltou a sacudir a terra no dia de ontem. Outros são esperados na esteira dos acontecimentos. Se você for entrar em sua rede social, poste as fotografias, reúna os amigos e envie suas contribuições para as filiais de órgãos internacionais que em muitos países esperam e recolhem as contribuições. Pensem nas crianças mudas telepáticas. #Natureza #Comportamento