Ladrões se especializaram em assaltar pessoas honestas, que trabalharam para terem guardado seu dinheiro. Marginais, impunemente tiram proveito da índole de paz destes usuários, que nem por instantes pensam que estão sendo seguidos e, muito pior, monitorados diariamente todos os seus passos pelos bandidos até as filas dos auto-atendimentos dos caixas eletrônicos, que ficam em uma extensão do próprio banco e que por isto mesmo deveriam estar protegidos por seguranças evitando que gente estranha espreitasse seus clientes.

Estes larápios, geralmente bem vestidos, postura elegante, terno e gravata de grife, são simpáticos e prestativos, principalmente com pessoas mais velhas, estão sempre alinhados, pois se vestem com o dinheiro de suas vítimas, sendo muito fácil escolher o melhor e mais caro.

Publicidade
Publicidade

Alguns destes bem apessoados, mesmo antes de o banco abrir suas portas já estão nas filas prontinhos para se dirigirem aos caixas e ali vão cedendo seus lugares para que os desavisados passem a sua frente porque o que eles querem mesmo é observar e são capazes de captar as quantias mais altas sacadas, pelo simples movimentos que os caixas fazem para o dinheiro contar.

Enquanto isto, outros param em frente aos terminais eletrônicos e como se fossem funcionários do banco ficam atentos ao movimento, se alguém se atrapalha e olha para o lado, daquele jeitinho que quer dizer, alguém me ajude, rápido, sem nem mesmo deixar que o cliente possa dizer um não, se prontificam em nome do banco dizendo que estão ali justamente para auxiliar.

Nestes casos geralmente são senhoras ou homens idosos que em sua boa fé, muitas vezes lhe entregam o cartão para que eles façam o saque, e eles fazem isto entregando em mãos o dinheiro para o cliente, não precisam se preocupar, pois na rua um comparsa, em geral pilotando uma moto, está de prontidão só esperando ser avisado, o que acontece pelo celular.

Publicidade

O quase impossível controle da polícia e a falta de segurança dos bancos, que, infelizmente, não se preocupam com isto, deixam seus clientes a inteira disposição destes bandidos. #Violência