Parece que tudo  que é oculto é atraente pra muita gente, a novidade da vez agora que vem permeando o imaginário de muitas pessoas principalmente dos jovens seria a brincadeira do Charlie.

Essa brincadeira se tornou um viral fortíssimo nas redes sociais principalmente no YouTube, que vem sendo visualizado e copiado por milhões.

Esse tipo de jogo que  visa a evocação de espíritos é bem antiga, a exemplo da tábua ouija, da brincadeira do copo ou do compasso - tudo isso em busca de uma constatação que é possível a comunicação com pessoas desencarnadas

Essa nova brincadeira surgiu aparentemente baseado em um filme de terror intitulado A Forca.

Publicidade
Publicidade

Por isso os primeiros vídeos, supostamente são de um falso viral para a promoção do filme .

A história  do filme basicamente relata a morte acidental de um jovem chamado Charlie, que após 2 décadas retorna causando terror a todos que visita. Depois de muitos vídeos parece que é fato que ocorre  mesmo algo após as evocações, e muitas escolas relatam que tem tido problemas sérios com essa brincadeira, a relatos de que muitos jovens passaram mal com o ato, e algumas ficaram em uma situação que foi descrita como se tivesse possuída, segundo o Notícias Gospel. Em alguns países a brincadeira já foi proibida.

Aqui no Brasil uma TV local da região do Amazonas exibiu que em uma certa escola estadual, alguns alunos aproveitaram o intervalo para fazer a tal brincadeira, o resultado  foi desastroso, alguns passaram mal e uma garota ficou totalmente fora de si e falava coisas desconexas.

Publicidade

Algumas autoridades da Igreja Católica alertam que "Charlie" seria um demônio, um padre exorcista do Vaticano alerta e faz sérias restrições contra essa brincadeira, que na verdade, seria uma evocação demoníaca, o mesmo disse que realmente a evocação existe mas ninguém vai gostar dos resultados quando acontecer  a manifestação.

Um pastor estrangeiro disse que o verdadeiro nome desse jogo seria " O mensageiro do diabo", e frisa que os cristãos não deveriam fazer uso dessa brincadeira.  #Opinião #Curiosidades