As muito feias que me perdoem, mas beleza é fundamental. Os versos extraídos do texto poético de Vinícius de Moraes dá a dimensão da valorização da beleza, principalmente no Brasil, que tem seis tipos de clima, cuja classificação alcança várias escalas tropicais. Por aqui, não há a tradição do uso de técnicas que relaxe ou expanda o "eu interior" tão comum entre os orientais. Entretanto, estar "a volonté" não é só uma particularidade dos franceses.

O brasileiro fica à vontade do seu jeito. E diz que tem mais consciência do seu corpo. Será verdade? O clima permite maior liberdade com roupas menos tapadas, esta é uma resposta lógica.

Publicidade
Publicidade

Para aqueles que pensam que quem vive em clima quente não engorda, está enganado. O número de pessoas acima do peso é grande e embora a obesidade tenha aumentado nos últimos anos, ainda há formas esculturais desfilando por aí.

Se na realidade comum há este privilégio, imagine no rol daqueles que vivem para estarem belos? Muita energia é posta em movimento para estar de bem com o manequim, além dos cuidados com a pele e cabelos, e as cirurgias plásticas para atenuação das marcas do tempo, acessórios indispensáveis para alguns.

Mas, tudo têm um preço a se considerar. Neste caso, viver em busca da beleza requer cuidados não só com o corpo, mas também com tudo o mais que se relaciona ao estilo, à sensualidade e ao glamour. Ser bonito (a) no século XXI pode ser uma experiência causadora de mudanças psicoemocionais, uma vez que a obsessão pela beleza pode causar alterações em alguma parte do corpo físico.

Publicidade

Tais alterações são fáceis de pontuar. Primeiro, a transformação visual, principalmente, nas mulheres, requer um profissional capacitado. Segundo, o desejo de estar cada dia mais atraente, exige tempo e condições financeiras condizentes com o padrão de beleza ideal. Não há mal em querer estar belo. No entanto, quando o desejo pela beleza causar a dependência de uma pessoa por cuidados exagerados consigo mesma, é hora de ponderar as atitudes e buscar atendimento junto a profissionais especializados, pois é necessário um equilíbrio em pequenas partes da vida para que o todo funcione em harmonia.

Caso contrário, a obsessão pela beleza e, em consequência a não aceitação de si, proporcionarão alterações, também, na vida emocional, provocando estados de estresse e ansiedade que podem causar traumas irreversíveis. #Opinião