Hipátia de Alexandria, faleceu em 370dc, torturada por Cristãos fundamentalistas enfurecidos. Ela fora arastada até uma igreja, onde cruelmente fora torturada até a morte, e seu corpo lançado a uma fogueira.

Como resposta ao crime supõe-se que Jorge de Laodiceia e Protério, dois bispos cristãos, foram assassinados de forma similar, observando que aqueles que plantam o ódio e a matança podem colher de forma igual tamanha barbárie.

Diante de tal situação, enquanto Sócrates e Edward Gibbon afirmem que o episódio traga desonra para a Igreja, não envolvendo em qualquer ponto o patriarca, ainda sim o filósofo pagão Damáscio, atribui explicitamente o assassinato ao patriarca, que tivera inveja por Hipátia.

Publicidade
Publicidade

O fundamentalismo que destruiu a grande veladora, ocorre em ambas as partes e fora o mesmo que levara a destruição a biblioteca de Alexandria, além da morte dos Bispos.

A Biblioteca que fora queimada,considerada por muitos um bem perdido a humanidade, comparável as pirâmides do Egito, e as cidades Históricas, relíquias que foram dinamitadas recentemente por radicais islâmicos no deserto.

Hoje se vê o fundamentalismo correndo solto pelo mundo e a intolerância religiosa, novamente batendo as portas inclusive aqui no Brasil.

Se houvesse mais respeito hoje, talvez Hipátia tivesse mantido a Biblioteca de Alexandria e estivéssemos em um mundo 1000 anos mais adiantado.

Hoje, pode-se tolerar e respeitar mais. Evitando-se a destruição, que começa a envolver templos de uma #Religião e outra como ocorre com os umbandistas que tiveram seus templos depredados e mais recentemente cristãos católicos, com a destruição de imagens religiosas de suas igrejas. 

Triste curiosidade é que este ódio existente entre religiões de mesmo credo praticamente, é algo que não se tem uma explicação racional e sim emocional.

Publicidade

Algo similar ao nacionalismo, porém mais perigoso e profundo, move estes. Algo como uma irmandade de ódio que diz amar ao próximo porém destrói como o fogo tudo aquilo que lhe é diferente ou estranho.

Isto ocorrera em Hipátia na Alexandria, e também ocorrera na 2ª Guerra, com Hitler jogando ao fogo tudo aquilo que era de uma ideologia contrária a dele.

Enquanto uns lutam pela busca do Saber e da Sabedoria, outros lutam para perpetrar e continuar aquilo que acreditam, achando que lhes serve de vantagem, quando na realidade correm o risco de serem escravizados por algo que é cego e nem de longe é aquilo que dizem servir. Voltando ao ego de poucos que se servem da mente de muitos que como zumbis acabam por se deixar levar cegamente pelas palavras dos que alimentam suas paixões.

 Todos que querem ser salvos, podem dar as mãos para que com o saber e a sabedoria tenham condição de se salvar de seus próprios atos e palavras, transformando a incompreensão em compreensão e a ignorância em saber e jamais tomando um pelo outro e assim abrindo as portas para a tolerância, a paz e a harmonia, garantindo a Liberdade com Consciência.

Publicidade

#Educação #Curiosidades