A tag denominada de #JesusTeAmoPq foi publicada na madrugada de quarta-feira, 17, à uma hora da madrugada. O grupo que criou a tag foi o grupo Jesus Faz A Diferença, que está em todas as redes sociais. O perfil disse o seguinte ao criar a tag: "Vamos de tag? Poste a tag #JesusTeAmoPq Bora movimentar a madrugada?".

As mensagens com a hashtag tinham mensagens positivas, sempre demonstrando amor e respeito pelo personagem bíblico. A página, já encabeçou outra tag na tarde de hoje: #MarqueOsJoelhos, ressaltando a importância da oração.

Hot Trends

Hot Trends na tradução livre significa Tendências Quentes, ou seja, são os assuntos que estão bombando naquele momento em uma rede social, no caso daqui, o Twitter.

Publicidade
Publicidade

No Twitter, um trend se forma quando um assunto é muito popular, ou quando um assunto está sendo muito acessado ou quando uma tag é muito utilizada. Na nova versão do Twitter, os "assuntos do momento" ficam localizados no lado direito, em uma caixa branca.

Diante de tantas polêmicas nas últimas semanas entre cristãos e homossexuais, devido à parada gay - nasceu até depois do episódio o termo Cristofobia. A tag vem em um momento em que os cristãos estão sendo julgados pelas suas atitudes. Infelizmente, há no Brasil essa discussão que nunca chega a lugar nenhum. Muitas vezes o radicalismo, de ambos os lados, impede que haja um entendimento.

Não se tem a informação de que a tag tenha algo a ver com a polêmica dos últimos dias, pois a conta do Twitter Jesus Faz a Diferença apenas afirmou que foi a responsável pela tag.

Publicidade

Religião x Homossexualidade

A #Igreja protestante acredita que a homossexualidade é uma escolha, ou um produto do meio em que o indivíduo nasce, por isso, a religião prega que há a possibilidade de pessoas que foram gays se tornarem ex-gays.

A Igreja Católica tem uma visão um pouco mais diferente. O catolicismo acredita que a homossexualidade possa ser uma condição, ou seja, a pessoa pode nascer homossexual e por isso, deve ser respeitada e aceita. Entretanto, aconselha-se que o homossexual ou viva a castidade, ou tenha um casamento heterossexual, se sentir que não consegue viver uma vida em castidade. #Entretenimento #Internet