Politica é a ação de organizar e de administrar uma sociedade. Para um bom funcionamento da atividade politica, os indivíduos estabelecem um #Governo regido por leis. Na atualidade, a maioria dos países possui uma constituição, que é um código de leis escritas e que define os principais direitos e deveres dos cidadãos.

Quando os cidadãos de um país participam das decisões politicas, dizemos que o sistema político deste país é uma democracia.  Quando as decisões políticas são tomadas pelos governantes, sem a participação dos cidadãos, dizemos que esse sistema politico é uma ditadura.

Economia é a maneira como a sociedade se organiza para produzir, armazenar, distribuir e comercializar os bens que atendem as necessidades humanas.

Publicidade
Publicidade

A economia envolve o gerenciamento de vários fatores que influenciam a produção dos bens, como a utilização dos recursos naturais, as formas de trabalho, as tecnologias disponíveis, o capital investido e acumulado, a distribuição da riqueza, os preços das mercadorias, dentre outros.

As sociedades humanas possuem sistemas organizados para administrar suas economias, denominados sistemas econômicos. O capitalismo, por exemplo, é um sistema econômico adotado pela maioria dos países atualmente. Ele se desenvolveu na Europa, no final da idade média, e foi consolidado em meados do século XIX, sob a influência dos princípios do liberalismo.

O capitalismo tem como pressuposto básico o direito a propriedade privada e ao acúmulo de capital. O direito a propriedade privada se refere a qualquer tipo de posse, desde que o indivíduo tenha provas de que o objeto realmente lhe pertence.

Publicidade

O capitalista, por sua vez, é aquele que possui propriedade privada, que, além de ser legalmente sua, lhe rende lucros e lhe permite acumular capital. No capitalismo, as atividades econômicas mais importantes são o comércio e a indústria .

Liberalismo é a defesa da liberdade individual, isto é, a ideia de que cada ser humano é um indivíduo que possui, por natureza, o direito ser livre. Tendo como base a garantia da liberdade, o liberalismo estabelece outros dois pontos: 

O livre consentimento na politica, ou seja, o ideal de que a população só deve ser governada por pessoas que ela escolhe. Dessa forma, o governante escolhido por meio do voto seria o melhor representante de uma sociedade.

E a livre concorrência na economia, ou seja, o ideal de que o mercado deve ser baseado na liberdade de compra e venda. Dessa forma, as trocas comerciais e a venda da força do trabalho, realizadas em um mercado livre, não precisariam da intervenção do estado, pois seriam naturalmente reguladas pela lei da oferta e da procura. #Opinião