Em uma  entrevista para o site de noticiais da NBC News, o Dr. Eric Norton, que trabalha como consultor da Agência Espacial Americana (NASA) há mais de 12 anos, sendo o responsável por tentar descobrir ameaças vindas do espaço, como meteoros e cometas, afirmou que em meados de janeiro de 2012 teria identificado algo que merece um atenção extra. Através de um telescópio da Agência Espacial, ele teria avistado uma frota de OVNIS vindo em direção à terra.  Segundo se relato, no dia 22 de Janeiro de 2012, ás 3h, teria recebido um telefonema da agência para comparecer às presas no Centro de Observação Aeroespacial, MacDonald, localizado próximo ao forte Davis no Texas.

Publicidade
Publicidade

O observatório é equipado com instrumentos de última geração, que  teria ajudado na localização do grupo de OVNIS. Segundo o Dr. Norton, ele teria visto "três grandes objetos que voavam em linha reta, vindo em direção ao nosso planeta''.  Logo tornou-se evidente que os objetos apresentavam uma tecnologia muito superior à nossa. Segundo ele,  estes objetos moviam-se muito rápido, percorrendo milhares de quilômetros em segundos.

Também pode-se observar que, as partículas cósmicas e o  campo  magnético que orbita ao redor da Terra, teriam sido desviadas por uma espécie de campo de energia saindo do interior da nave. Minutos depois, estes objetos teriam desaparecido do campo de visão de Norton, fazendo-o acreditar que os objetos possuíam algum mecanismo de ''invisibilidade''.

Publicidade

Na época, abalado com o fato Norton não sabia de onde veio aquela frota e qual sua real intenção. ''Eu sabia que o alto comando das forças armadas dos Estados Unidos estava muito preocupado com este episódio. Inclusive, eu passei o ano de 2013 inteiro sobre proteção do serviço secreto americano e observava o céu com um certo ceticismo", disse. "O governo americano não sabia o que realmente estava acontecendo, ou o local onde as naves desapareceram. Conforme os meus cálculos, esta frota estava muito próxima do nosso planeta. E ninguém sabia informar com certeza se eles ainda estavam vindo em direção da terra, ou se haviam abandonado o sistema solar''.

Após um ano do incidente, o Dr. Norton teria ouvido de seu ex-colega que os objetos teriam sido avistados novamente e que agora haviam pousado na Lua. O Dr Norton, inclusive teria visto o relatório do incidente. Além disso, o incidente teria sido fotografado por uma das câmeras da estação espacial ''Lunar Reconnaissance Orbita'' e teria ido parar por acidente no #Google Moon.

Publicidade

Em fotos no site é possível observar a aterrizagem de um UFO, dentro de uma das crateras da Lua maior que Chicago.

Segundo o Dr Norton, após o incidente o departamento de defesa americano teria lançado cerca de três foguetes Terrier-Orion de Wallops Flight Facility da NASA. O acontecimento teria ocorrido em 15 de Janeiro de 2014. Este lançamento também consta no relatório, cassificado como ''Top Secret'' e a missão foi escondida do publico.

Após fazer esta revelação, o Dr. Norton teme por sua vida e afirma:''Quando revelamos informações secretas ao público, a gente precisa ter cuidado a fim de se proteger''. Ele acredita que estas informações podem causar muitos problemas, causando um colapso em todas as religiões do mundo.

Mesmo que estas revelações sejam bastante chocantes, ele pretende não dar mais detalhes sobre o caso, pois  acredita que, o governo norte americano faria de tudo para tentar encobrir uma suposta intervenção extraterrestre . Segundo ele, a humanidade só teremos respostas no dia em que as naves extraterrestres aterrizarem por aqui. #Curiosidades #EUA