Nesse momento tão crítico para a economia brasileira, e para a maioria de nós, a palavra da vez é: economizar. Todos nós devemos concordar que a situação pela qual atravessa nosso país parece estar longe de acabar. Por mais que o #Governo tente reverter a situação, fazendo alguns cortes em certos programas sociais, reduzindo ministérios, cortando as regalias de Brasília, até agora nenhuma medida tomada surtiu efeito. O que mais se vê são empresas sendo fechadas, demitindo seus funcionários e o desemprego amedrontando até os que estão empregados.

Sendo assim, esse é o momento em que devemos tomar certos cuidados para não nos arrependermos mais tarde. Mesmo para aquelas pessoas que tem um poder aquisitivo elevado, o momento é de cortar alguns gastos.

Publicidade
Publicidade

A maioria dos especialistas em economia dão certos exemplos que, se seguidos, poderão fazer uma diferença enorme no bolso de cada um de nós. É claro que, para essas dicas darem certo, é preciso muita força de vontade, persistência e, sobretudo, bastante paciência.

Eis aqui as dicas: evitar fazer compras em excesso, comprando só o que for realmente necessário; optar por almoçar em casa, ao invés de ir a  restaurantes, pois os preços são muitos elevados; reduzir  a utilização do carro, já que o combustível está pesando muito no orçamento; aprender a controlar o gasto da água nas tarefas do dia a dia tentando, quando for possível, reaproveitá-la; pintar as paredes da casa na cor branca, pois o branco clareia qualquer ambiente; abrir as janelas e as cortinas para uma melhor utilização da luz solar nas residências, evitando assim a utilização da luz elétrica; fazer uso do telefone celular de uma só operadora e que, de preferência, todos os membros da família possuam os mesmos serviços de uma só operadora; dar prioridade às mensagens de texto ao invés de se fazer as ligações em si e, no caso de ligações feitas, essas devem ser rápidas e só em  casos de extremas urgências.

Publicidade

Segundo entendedores no assunto, se algumas dessas dicas forem seguidas, o resultado será uma economia significativa.

  #Crise