O concurso 1762 da Mega-Sena foi sorteado na noite desta quarta-feira, no interior de São Paulo. Às 20h40 de Brasília, os globos do "Caminhão da Sorte" da Caixa Econômica Federal, estacionado no município de São Anastácio, giraram e sortearam as seis dezenas que poderiam transformar pessoas em milionárias. Confira os números:

26 - 32 - 42 - 45 - 55 - 59

Mas não foi desta vez que a bolada ganhou um dono: ninguém acertou as seis bolinhas e o prêmio acumulou de novo. A quina vai pagar R$ 63.520,19 a cada uma das 219 apostas ganhadoras. Já a quadra teve 18.595 acertadores, e cada um vai receber um total de R$ 1.068,71.

O próximo concurso será no sábado (21), e as apostas podem ser feitas até 19h de Brasília, nas lotéricas de todo o Brasil.

Publicidade
Publicidade

A estimativa da Caixa é de que o prêmio chegue a R$ 170 milhões. Para o sorteio do outro sábado (28), já estão reservados R$ 35.448.166,84, em virtude de ser concurso com final 5.

De acordo com a Caixa, o prêmio acumulado nesta série é o segundo maior da história das loterias no Brasil, perdendo apenas para a "Mega da Virada" de 2014. Com os R$ 130 milhões desta quarta aplicados na poupança, é possível ter um "salário" de R$ 910 mil.

 

JÁ É POSSÍVEL APOSTAR NA MEGA DA VIRADAApesar dos R$ 170 milhões do próximo sábado, o maior sorteio de 2015 deverá ser a "Mega da Virada", tradicional concurso realizado na noite de 31 de dezembro, e com transmissão na TV aberta. As apostas já podem ser feitas, e é importante lembrar ao agente lotérico que você está apostando para o concurso especial, que neste ano deve distribuir cerca de R$ 280 milhões.

Publicidade

Cada bilhete com 6 dezenas custa R$ 3,50, e é possível apostar até 15 números (R$ 17.517,50) dentre os 60 disponíveis. Você pode organizar bolões com até 99 pessoas. Cada lotérica tem uma taxa diferente, e emite bilhete para cada um dos participantes ter seu comprovante. A Caixa informa que prêmios de até R$ 1.903,98 podem ser retirados em qualquer casa lotérica credenciada ou nas agências da Caixa. Acima desse valor, somente nas agências da Caixa. #Finança #Crise econômica