“É pra glorificar de pé igreja”, seus problemas acabaram. O WhatsApp voltou a funcionar após quase 12 horas de bloqueio. As pessoas que já estavam em um convívio social aceitável já podem se fechar em seu mundinho tecnológico. O aplicativo voltou a funcionar depois de o Tribunal de Justiça de São Paulo ter concedido uma liminar para que deixassem que as operadoras desbloqueassem o aplicativo.

De alguns clientes das operadoras Tim, Claro, Oi e Vivo, o aplicativo voltou a funcionar às 10h desta quinta-feira (17), mas estes foram a esfera sortuda da população brasileira. Grande parte dos adeptos do serviço de mensagem instantânea ainda sofrem com a inatividade do sistema.

Publicidade
Publicidade

Segundo o presidente da SindiTeleBrasil, Eduardo Levy, o serviço será normalizado assim que as operadoras receberem a notificação da justiça. A ordem foi concedida pelo desembargador Xavier de Souza, da 11ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Para Souza, "em face dos princípios constitucionais, não se mostra razoável que milhões de usuários sejam afetados em decorrência da inércia da empresa [em fornecer informações à Justiça]". Após essa liminar, o criador do aplicativo deve estar pulando de alegria e soltando fogos, pois, vai voltar a ganhar seu "pão de cada dia".

Redes Sociais

Após a divulgação da liminar que suspendia o serviço por todo Brasil, uma chuva de comentários invadiu as redes sociais, dando espaço a posts depressivos e muita bagunça na web. Além dos comentários engraçados, houve também quem estivesse triste por uma boa razão, a perda de vendas por causa do aplicativo que facilita a interação entre as partes.

Publicidade

Tentativas

Em fevereiro de 2015, um juiz de Teresina, no Piauí, tentou suspender o acesso ao aplicativo de mensagens. Segundo ele, a empresa se recusou a fornecer informações à polícia sobre uma investigação que estaria sendo feita em 2013.

Agora o brasileiro vai ficar felizes porque o “pesadelo” acabou. A vida voltou ao “normal” e a interação entre os seres humanos volta a ser tão e somente através das mídias sociais. #Opinião #Celular #WhatsApp