Flagra em vídeo de dupla traição em Minas Gerais vira febre nas redes sociais. Ele mostra a bancária Fabíola entrando em um motel com o melhor amigo do seu esposo, o Léo, que a seguiu junto do seu outro amigo “cineasta” até a porta do motel, quando os flagrou e começou a confusão.

Nessa balbúrdia, fica claro que estão todos errados: o amante Léo, a Fabíola, o marido, que agrediu a esposa e expôs para o Brasil ver, e o amigo “cineasta”, que fez toda a filmagem. No entanto, apenas a unha da Fabíola ficou famosa, já que no próprio vídeo, ela aparece dizendo que "ia fazer a unha".

Acontece um fenômeno onde todos estão errados, mas somente uma das partes se torna motivo de piadas na #Internet.

Publicidade
Publicidade

Não demorou muito para que o nome da Fabíola e sua unha entrassem nos Trending Topics da internet, além da questão de que o Léo, que é casado e "gordinho", também se tornasse um dos motivos de piadas.

Praticamente não se falou nas redes sociais até agora sobre o fato de que um homem traiu o seu melhor amigo e que o outro amigo expôs a dupla traição para o Brasil inteiro ver. De acordo com o que se percebe no próprio vídeo, o marido da Fabíola e o Léo eram melhores amigos, mas isso não fez com que houvesse consideração por uma das partes.

De acordo com um grande filósofo brasileiro, Luiz Felipe Pondé, em entrevista à redação iG sobre relacionamentos, qualquer tipo de traição é um grande erro, pois entrar em um relacionamento é uma escolha particular que, caso não dê certo, o melhor a fazer é se desligar, ou seja, separar.

Publicidade

Pessoas que procuram se vingar do parceiro são pessoas fracas, dependentes e mal arrumadas na vida. Gente bem resolvida se vinga sendo feliz, escolhendo um novo rumo para sua vida e dando um fim a um passado que não deu certo. “As mulheres precisam ir à busca de sua independência sempre, porque homens e mulheres são diferentes. As mulheres mais felizes e bem resolvidas estão muito ocupadas para se vingarem de alguém, pois elas estão sendo felizes nesse momento, com as escolhas certas que fizeram", diz o filósofo.

Outro fato interessante nessa questão do conjunto de traição acontecido em um motel de Minas Gerais, é que, no vídeo, não há qualquer parte que mostre o marido traído partindo para cima do seu melhor amigo Léo, ele somente quebra o carro dele. Mas, em algumas vezes, vê-se o marido traído indo de encontro à Fabíola, dando empurrões na esposa.

Isso explicita ainda mais a questão da fragilidade da mulher e das injustiças que recaem sobre ela. Isso não significa que a Fabíola esteja certa, mas somente ela, no vídeo, é quem sofreu agressões físicas. #Opinião #Casos de polícia