O mundo no estágio de evolução cultural atual possui um vasto conjunto de crenças e religiões em si. Alguns indivíduos, possuem uma tradição familiar e seguem a #Religião que seus antepassados aderiram continuamente, mas existe uma grande parte da população que não adere a nenhuma crença em sua vida ou acredita em algo que optou por escolha própria, sem influência de outro indivíduo. Além destes, há outros que são intolerantes.

Entre as inúmeras religiões, surgiu um meio diferenciado, chamado de Sincronário da Paz. Este possui uma união de inúmeras crenças e meios pelos quais é possível se obter uma escapatória do mundo conturbado atual.

Publicidade
Publicidade

Há uma mescla de crenças, as quais fazem com que a paz e a evolução individual seja o maior objetivo.

Ao contrário de muitas religiões, não há obrigações em relação à vestimenta no dia a dia ou a algo pessoal, e também não influencia na evolução de cada adepto. São realizados rituais e cursos, com os quais se pode obter um conhecimento maior em relação a observação da natureza e a necessidade de proteção desta.

Por mais inusitado que seja, esta corrente de pensamento segue um calendário diferenciado, no qual cada dia possui um significado e, conforme a energia do momento, determinado mantra deve ser invocado e algo específico irá ocorrer.

Algo incrível, e que se assemelha aos signos já conhecidos da astrologia, é o detalhamento do Kin que cada indivíduo possui, algo que é medido conforme o dia do nascimento.

Publicidade

Essa medida individual permite saber quais pessoas se assemelham com determinado coeficiente estabelecido, o que se assemelha a difundida astrologia. 

Como exemplo da presença de uma mescla de crenças, é possível citar o calendário de 13 luas dos Maias, o qual é seguido no Sincronário, e os mantras de origem oriental, os quais possuem uma determinação conforme a energia de cada dia para serem invocados.  

Este é, sem dúvida, um novo e interessante meio, baseado em parte na cultura Maia, de escapatória dos problemas cotidianos que assolam a grande parte da população, que se vê sempre presa às tarefas nos dias atuais. #Educação #Curiosidades