Nada como celebrar o Ano Novo e ver os fogos que iluminam o céu, anunciando o novo ano que está para nascer. As comemorações do réveillon são bem antigas, se consolidando em todos os países há mais ou menos 500 anos, mas o réveillon mudou várias vezes de data ao longo da #História.

Ano Novo na antiguidade

Na Mesopotâmia já havia a comemoração do ano novo, enquanto que na Babilônia se comemorava o “Festival do Ano Novo” indicando o equinócio da primavera. Em algumas partes do mundo, o ano novo é comemorado em meados de março, precisando no dia 19, data essa que os místicos consideram o início do ano esotérico.

O calendário romano

Antigamente, o ano iniciava em 1º de Março, mas foi trocado para 1º de janeiro no ano de 153 a.C..

Publicidade
Publicidade

A data ficou estipulada no calendário Juliano, mas no século XV, a Igreja Católica manteve a tradição e adotou o calendário gregoriano.

O nosso calendário teve origem no calendário romano, mas no começo do século XVI, o ano novo era comemorado no dia 25 de Março, data que iniciava a primavera. As festas da Virada duravam mais ou menos uma semana e terminavam no dia 1º de Abril. Quem mudou a data da comemoração para o dia 1º de janeiro foi o papa Gregório XIII.

A mudança de data trouxe alguns impactos para os tradicionalistas. Muitos franceses se recusaram a comemorar o ano novo em janeiro, enviando aos partidários da nova data alguns presentes estranhos e até convites de festas que nem existiam, dando origem ao Dia da Mentira, como falsa comemoração.

Tradições do Ano Novo

Em qualquer parte do mundo ou em variadas datas, se comemora o Ano Novo.

Publicidade

Algumas crenças comemoram esta data alegando que os fogos de artifício, os gritos de alegria e as vibrações servem para espantar os maus espíritos. É comum as pessoas passarem a virada de ano com uma roupa nova, combinando com espírito de renovação.

Na Itália, a comemoração da virada é a mais antiga festa pagã. Desde a época dos imperadores, a data era comemorada com fogos de artifícios, com a finalidade de deixar todas as pessoas acordadas, pois quem dormia na virada do ano iriam dormir o ano todo.

Até hoje na Itália são servidos pratos que caracterizam esta comemoração, como o pé de porco e as lentinhas, pratos essenciais na virada de ano. #Curiosidades