Procurando vagas de emprego? Vamos passar dicas para primeira #entrevista de emprego, processo seletivo, perguntas e respostas.

O que falar em uma entrevista de emprego?

Quem está em busca de uma vaga no mercado de trabalho, geralmente fica nervoso ansioso em busca de respostas às famosas perguntas do "roteiro de entrevista de emprego" as mais famosas e amedrontadoras:

  • “Fale-me um pouco de você”
  • “Quais seus pontos fortes”

e a mais temida delas:

  • “Me fale de seus pontos fracos”

Mas o que será que o entrevistador espera ouvir como resposta?O que exatamente ele quer saber de você?

Existe uma resposta padrão para essas perguntas que mais parecem uma "pegadinha"?

A resposta é Não!

De acordo com a opinião de vários consultores, questões que lhe parecem ser embaraçosas, na verdade são as perguntas que lhe darão a oportunidade de se vender para a tão almejada vaga, aqui vão algumas dicas para você saber como deve se comportar neste momento, e ver que com calma pode se dar bem nas respostas.

Publicidade
Publicidade

Fale-me um pouco de você!

Ao fazer essa pergunta, o selecionador não quer colocar ninguém numa saia justa, na verdade ele deseja conhecer um pouco da "personalidade do candidato" e quer testar se ele consegue se "vender bem como pessoa", se consegue expressar com "palavras" a sua personalidade, sua maneira de ser e como pode ser um bom colaborador.

Conforme já dissemos, não ha resposta padrão, assim como numa conversa informal, quando estamos "conhecendo" alguém, não pode ser ensaiado.

Não há mal nenhum em falar da vida social, de relacionamentos, esportes que pratica, círculos sociais que frequenta, academias, etc (baladas e botecos nunca, omitir é permitido, mentir não) citar clubes que frequenta, passeios ecológicos como cachoeiras e trilhas e hábitos do dia-a-dia e de consumo, sem exageros.

Publicidade

Opiniões exacerbadas sobre assuntos polêmicos, como política, religião, sexualidade e até mesmo futebol devem ser evitadas, podem atrapalhar. Só entre nestes assuntos se for perguntado, mas seja contido ao se expressar, faça-o sem fanatismos.

Outra pergunta que "parece" colocar candidatos em apuros é:

  • “Quais seus pontos fortes”

Neste ponto o entrevistador está lhe dando a melhor oportunidade de se vender.

Saiba que esta é sua melhor chance, o seu momento na entrevista, é a hora de se vender como pessoa ideal para a vaga.

É o momento ideal para você mencionar seus aspectos positivos, de seu #Comportamento, sua criatividade, como estabelece suas metas e o que faz para alcançá-las, se estuda ou se pretende estudar, se ajuda em casa, sua persistência naquilo que almeja, se procura se instruir, se informar e se aperfeiçoar em sua profissão, seus planos para o futuro, sua vontade de crescer profissionalmente.

Podendo descobrir se você é adequado ou pode se adequar às exigências do cargo, ou seja se, possui características que "batem" com o perfil que ele esta procurando e o que o diferencia dos demais.

Publicidade

É bom para os ouvidos do entrevistador, por exemplo, ouvir que procura ser autocrítico e pró-ativo, pois são características que serão interpretadas como positivas.

É valido também mencionar características técnicas, como ser organizado, pratico, objetivo, pontual, respeitador, que paga suas contas em dia, porém saiba que esses são quesitos básicos para qualquer um que queira uma vaga e é obrigação de todos.

Para não se alongar neste quesito, pense em qualidade e não em quantidade, e não minta, se uma mentira não for percebida durante a entrevista, e provavelmente será, você estará fora, mesmo porque não vai conferir as suas referências pessoais e profissionais ou até mesmo caso venha a ser contratado.

Uma dica para você identificar seu pontos fortes é fazer uma analise de como resolveu problemas pessoais ou ajudou pessoas em decisões e o que fez ou faz para evitá-los, como tem agido para obter crescimento pessoal, etc.

No nosso próximo artigo, a enfática e temida pergunta:

Clique aqui e veja o artigo "Fale-me de seus pontos Fracos." #estágios