As mulheres dão cor, brilho e sabor a existência humana, mas por outro lado, continuam sendo vítimas de arbitrariedades. Pensando nisso, abaixo estão as histórias de 13 mulheres (mortais e deusas) da mitologia grega que permeiam a cultura moderna. 

  • HERA: a deusa mais importante, esposa de Zeus e as estórias dela surgem com suas vinganças contra as amantes e filhos ilegítimos de Zeus, mas apesar de tudo, recusa a traí-lo, visando a santidade do casamento. 
  • APHRODITE: deusa do amor e da sexualidade feminina. Nasceu das espumas causadas pelo decepamento e lançamento ao mar dos testículos de Urano pelo seu filho Cronos. Do seu nome surgiu a palavra “afrodisíaco” que descreve o que estimula o instinto sexual. Foi mãe de Eros (ou Cupido), o deus do amor. 
  • ATENEA: ou Pallas Athena, é a figura feminina símbolo da estratégia. Usava um elmo, uma espada e um escudo decorado com a cabeça da Medusa, que lhe foi dado pelo herói Perseus. Athena deu o seu nome a cidade de Atenas, capital da Grécia. 
  • ARTEMIS: o símbolo da castidade e virgindade. Artemis causou a morte de Adônis, um dos amantes de Aphrodite por meio de um javali que rasgou o jovem ao meio, justamente pela vida sexual liberal de Adônis, o que “desonrava” Artemis. 
  • GEA: os romanos a chamavam Terra, símbolo da fertilidade feminina e os cientistas usaram o nome romano da deusa para o nosso mundo. Simbolizou ainda o único continente que existia no final do Paleozóico (Pan-Gea). 
  • PANDORA: lembra a "caixa de Pandora", acontecimentos simples, mas que conduzem aos piores desastres. É o equivalente grego a narração da Bíblia em que Eva come do fruto proibido e Pandora abre a caixa proibida, desencadeando assim o mal no mundo. 
  • HELENA: é a mortal mais bonita da mitologia grega. Casada com o rei Menelau, se apaixona pelo príncipe troiano Paris, indo com ele para Tróia e desencadeando a Guerra de Tróia, que foi destruída e queimada. Helena representa a infidelidade e a beleza femininas que podem desencadear uma guerra entre homens. 

  • PENÉLOPE: esposa de Odisseu, simboliza a fidelidade conjugal. Odisseu ficou 10 anos fora de Íthaca na Guerra de Tróia e foi amaldiçoado por Poseidon, deus dos mares. Com à suposta morte de seu esposo, Penélope, tinha que escolher um novo marido dos vários pretendentes que invadiram o seu palácio, prometendo escolher um deles ao terminar de tecer uma mortalha, que fazia de dia e desmanchava a noite. Odisseu conseguiu retornar a ilha e matou todos os pretendentes de sua esposa. 

  • ELECTRA: equivalente feminino ao "complexo de Édipo", onde Electra vinga-se de sua mãe, Clitemnestra que com seu amante, mata o rei Agamenon, seu pai. Quando souberam, Electra e o seu irmão Orestes decidem matar a mãe. 
  • ANTÍGONA: irmã de Eteócles e Polinicies, que brigavam pelo trono depois que o seu pai Édipo morre, os irmãos concordam em reinar cada um ao seu tempo, mas quando chegou a vez de Polinicies, Etéocles recusa, originando a batalha de "Sete Contra Tebas". 
  • MEDUSA: ninfa dedicada à deusa Athena, mas teve relações sexuais com o deus Poseidon no templo da deusa, que se vingou transformando o cabelo da medusa em serpentes e a amaldiçoou para que quando olhasse para os homens, esses virassem pedras.
  • HIPÓLITA: rainha das Amazonas, as melhores guerreiros do sexo feminino com a coragem e a garra das mulheres. 
  • ARIADNE: se apaixona por Teseu que matou o Minotauro. É a mulher que abandona tudo pelo seu amado, mesmo se for traída, que foi o que Teseu fez com ela posteriormente.

Qual dessas mulheres lembra você? #História #Curiosidades #Comportamento