O cenário político do novo século é envolto ao marketing pessoal. Ronald Reagan, em seus discursos na década de 80 ja mostrava que antes de um grande líder era um candidato moderno, carismático e marqueteiro.

Mas o mundo mudou. Reagan e Thatcher foram exemplos crassos de um passado não muito distante de líderes geniosos, perspicazes e que não usavam dos  chamados discursos de ódio ou separatista, isso ficou no século passado com a tirania de outrora.

No que diz desrespeito aos debates republicanos para as corridas presidenciais, os americanos estão anos luz à frente  dos brasileiros, a exemplo Ted Cruz que mostra um preparo gritante sobre o que de fato está em cheque na história da humanidade, o ISIS. 

Ted Cruz com seu discurso um tanto patriótico, preza sempre pelos direitos  dos cidadãos americanos, fazendo uso sempre da constituição para defender de formas incisivas suas ideias.

Publicidade
Publicidade

A exemplo sua oposição diante das políticas desarmamentistas do atual governo Obama. E não tem papas na língua quando se refere à figura de Hilary Clinton

Em contrapartida a figura histriônica Donald Trump, com seus discursos agressivos de poucos amigos e muitas vezes separatista, vem ganhando espaço no coração dos saudosistas. 

Ben Carson, por sua vez, faz o jogo dos tempos modernos, defende as mesmas ideias de seus pares, é incisivo contra politicas paliativas, principalmente na questão dos  negros, e sempre de forma serena, branda, com um o sorriso no canto da boca.

Com uma carreira de sucesso na medicina, o neurocirurgião Ben Carson ficou conhecido nacionalmente  em 1987,  ao separar gêmeas siameses em uma cirurgia de alto risco.

Nascido nos subúrbios de Detroit, polêmico e de personalidade forte, Carson tem tamanho carisma que já ganha,inclusive, apoio de eleitores democratas.

Publicidade

Suas idéias trazem novos ares às corridas presidenciais e caminhando distante do extremismo de seus concorrentes Ted e Trump, Carson tem como  revés sua pouca experiência na vida política, o que não  impede de configurar dentre os prediletos dos republicanos.  #Opinião