A guerra por "cliques' e "likes" não poupa ninguém. Desde crianças com enfermidades ou anomalias, pedindo por um fervoroso e simples "amém", a pessoas mortas ou mutiladas em acidentes, além de flagrantes reais de violência cotidiana e montagens toscas, vale tudo para ganhar audiência. Até posts antigos, de histórias e boatos que já circularam na rede anos atrás, voltam a tona no Facebook, com nova roupagem, para pilhar os usuários novos e menos experientes, atiçando a curiosidade e mexendo com as emoções dos internautas.

Digitar "amém" dá algum dinheiro? 

Mas quem lucra com isso tudo, neste caso do "amém" por exemplo? Segundo pesquisamos no site do Facebook, a empresa não faz nenhuma menção a algum tipo de remuneração para estes casos. Vários outros sites, dedicados a desmentir boatos, afirmam o mesmo: dizer que o Facebook vai doar dinheiro as crianças doentes é inverídico, é boato.

Publicidade
Publicidade

Postar vídeos no Youtube

O Youtube permite a qualquer um, mediante um simples cadastro, enviar e expor material de qualquer espécie. Apesar das devidas restrições legais impostas, é grande a facilidade de se criar uma conta e enviar um vídeo, expondo suas facetas, ideias e ideologias ao mundo. Um dos exemplos mais repugnantes da atualidade, é a dos dos grupos radicais islâmicos, que usam a rede para propagar terror e intolerância religiosa.

O vídeo exemplificado no artigo é intrigante, e conforme comentou um famoso site de noticias gospel: "bem suspeito, além de nojento, beira mais uma exibição de mágica barata do que um milagre, para não dizer charlatanismo."

"Milagre" registrado em vídeo 

O suposto milagre foi durante um culto em uma #Igreja aparentemente evangélica, e desde sua publicação vem causando grande polêmica e tornaram-se virais nas redes sociais. Alguns já passando de 700 mil visualizações, revelando a curiosidade e o interesse das pessoas por coisas "sobrenaturais".

Publicidade

Um dos vídeos vem intitulado “Ungido pelo Senhor Jesus, desfaz uma macumba, e retira um rato da barriga de um homem”, e traz na sua descrição, a legenda: "Quem não acredita nesse tipo de milagre, peço que nem veja esse vídeo, pois isso é milagre da parte de DEUS, não critique porque assim estarás zombando do Próprio DEUS."

Pastor tira um rato de barriga de um fiel

Pelo olhar atento do "câmera", pode se ver o "pastor" retirando de dentro das entranhas de uma homem um pequeno roedor através do umbigo, podendo se ouvir ao fundo o "clamor" dos fiéis, para que seja desfeito o "trabalho de macumba", seguido pelos demais fiéis, através de uma oração para que o procedimento inusitado seja bem-sucedido e abençoado. Finalizando, o homem do "milagre" ainda exibe o roedor com as entranhas de fora, sob gritos de "glória a Deus" e "Aleluia" em gratidão ao sucesso da intervenção.

Maior do que a repercussão, foi a descrença no milagre: internautas não pouparam o "milagreiro" de todo tipo de comentários, e destacamos alguns:

João Paulo postou:"como pode alguém acreditar numa [...] dessas né rs, tem que ser muito cretino mesmo para acreditar."

Rayane Paula comentou: "Que templo do senhor, o que?!!! [...] manda esses pastores tomarem vergonha na cara, chamar essas arapucas de templo e de casa do senhor! Cambada de ladrão, vendilhões".

Publicidade

Nota: A matéria não exprime a opinião deste veículo e nem de seus redatores, nos restringimos apenas em levar a notícia.

Assista ao vídeo

  #Religião