A divulgação do recente relatório sobre avistamentos de OVNIS sobre Argentina acabaram tornando-se objetos de ridicularizações por parte de alguns internautas. No dia 27 de janeiro através das redes sociais, foi possível perceber os inúmeros comentários sobre o suposto documento contendo mais de 12 páginas e divulgado pela Comissão de Estudos de Fenômenos Aéreo Espacial (CEFAE).

O documento divulgado no site da Força Aérea da Argentina, fala sobre os supostos avistamentos ocorridos entre os anos de 2014 a 2015, dentre os inúmeros avistamentos destacam-se o enviado pelo fotografo Sergio Canteros de Ituzaingó, da província de Corrientes.

Publicidade
Publicidade

De acordo com a conclusão do CEFAE, a imagem tirada por Canteros de um objeto no formato oval ''é equivalente a um objeto redondo semelhante ao de uma bola com pequenas dimensões''. Outro caso relatado por Mariana Rodrigues, testemunha que alega ter avistado um OVNI sobre a cidade de Capilla del Monde, na província de Córdoba. Nesse caso os investigadores descartaram o avistamento alegando ''que o suposto objeto é semelhante ao um pássaro cruzando em frente a câmera no momento em que a foto foi batida''. 

Pelo que tudo indica os investigadores encontram uma série de respostas para todos os casos relatados nos últimos dois anos, exceto para um com imagens de vídeos e fotos do avistamento que ocorreu em uma região localizada na Província de Missiones. O vídeo foi gravado por um representante comercial daquela região, o qual não quis se identificar o homem conta que no dia 14 de Novembro de 2014, quando voltava para casa por volta das 22:30, no decorrer de uma viagem de negócios percebeu uma luz estranha nos céus próximo a cidade de Obera.

Publicidade

''No início pensei que fosse um avião, mas percebi que o objeto emitia uma luz da cor branca e realizava movimentos rápidos em zig-zag, foi a então que percebi que aquilo não tratava-se de um avião ou aeronave conhecida. Por sorte como trabalho com a venda de produtos eletrônicos tinha uma câmera junto comigo parei o carro em meio a uma estrada deserta e comecei a filmar o objeto''. conclui.

O CEFAE foi fundado em junho de 2011, durante o governo de de Cristina Fernández de Kirchner, seu primeiro comandante foi o então capitão Mariano Moahupt, porém os primeiros relatórios começaram a surgir somente em dezembro de 2015, cerca de 54 meses após a data de fundação. Atualmente o órgão é composto por membros da Força Aérea Argentina, juntamente com especialistas dos mais variados campos de investigação é o que afirma o departamento em seu site oficial. Isso acabou gerando uma onda de ''zoações'' por parte de internautas engraçadinhos, como o comentário de um usuário com o codinome de @EdmundoBrazuca, via twiter ele publicou.

Publicidade

''Existem arquivos X na Argentina isso vai dar um novo episódio na série eu quero acreditar''. ''Não é fácil o governo criar um órgão financiado pelo contribuinte que não faz nada em quatro anos de funcionamento apresentam um único relatório com apenas 12 páginas'' postou @alerosenfeld.

Em nota, o Centro de Ufologia da Argentina (CUA), afirma que ''o estudo de casos envolvendo OVNIS já são bastante complicados, mas quando os governos decidem-se encarregar dos estudos existe a burocracia aliada falta de incentivos em divulgar os casos reais''.

#Entretenimento #Curiosidades