Após a nomeação do ex-presidente #Lula para chefe da Casa Civil muitos internautas saíram em apoio e protesto do decreto da presidente Dilma Rousseff. No mesmo dia, o juiz Sergio Moro vaza trechos de ligação da presidente com Lula sobre sua nomeação e posse. A gravação foi feita no mesmo dia em que foi publicada. O novo caso fez com que inúmeros internautas se posicionassem a respeito do assunto. Assista o vídeo:

Muitas pessoas desinformadas estão propagando discursos de ódio. Nada muito diferente de Felipe Neto, o youtuber dono do canal Parafernalha.

Dessa vez Felipe atacou diretamente o cantor Chico Buarque e a página A Socialista Morena, comandada por Cynara Menezes.

Publicidade
Publicidade

O internauta diz que são ''imbecis da classe artística'' como Chico Buarque. 

O youtuber não possui fama que se compara do vanguardista cantor da música popular brasileira Chico Buarque. Nem possui, ainda que preciso, discurso conciso de uma conjuntura política para falar propriamente de política, algo que a Socialista Morena faz ao dar voz ao discurso de minorias e de pessoas que vivem a marginalidade da sociedade.

A polarização política é essa na atual política brasileira, é a instabilidade causada por uma seletividade judiciária acrescida de um suporte midiático, que resulta em um golpe em movimento.

A internet que vem sendo estudada como um processo de democratização do espaço da informação, mostra que, com atitudes semelhantes a de Felipe Neto, esse espaço pode ser utilizado para a disseminação de discurso de ódio. Voltamos a falta de investimento na educação e da especialização como ferramenta para um mediador social, como pode ser entendido um youtuber.

Publicidade

 E numa visão antropológica, o Brasil continua sendo aquele explorado, e o poder é disputado pela classe dominante que não suporta mais dez anos de governo social.

Felipe Neto representa a parcela, que segundo os cálculos do professor Wilson Gomes, não representa nem 7% dos eleitores que foram as urnas em 2014. Essa parcela da população é formada pela classe média e alta brasileira que é contrária ao governo social criado pelo PT.  #Lava Jato #Impeachment