Apesar de ter representado o papel de Deus  em pelo menos dois filmes  e ser um homem altamente espirituoso e de fé elevada no filme ‘Antes de Partir’ quando atuou ao lado do não menos famoso ator hollywoodiano Jack Nicholson - Morgan Freeman recentemente revelou sua descrença em um Deus onipotente e onisciente.

Ele afirmou à revista Wrap que foi o ser humano que criou Deus e não como relatam os evangélicos. Na verdade, segundo seu  entendimento, a sociedade em um todo se baseia em teorias proféticas da antiguidade, que há seis mil anos terra fora criada por um Deus e para ele tudo não passa de uma crença. Em linhas gerais, Morgan defende a tese de que quem verdadeiramente inventou Deus foi o homem.

Publicidade
Publicidade

E neste raciocínio – se ele acredita em um Deus a lógica verossímil  é que ele é Deus.

No entanto, Morgan Freeman se mostra reticente em acreditar em um deus dos evangélicos ou religiosos, pois não há bases muitos menos provas científicas que comprove sua existência.  E como acredita que quem criou Deus foi a raça humana pela necessidade de acreditar ou explicar o inexplicável o ser humano, portanto, é o deus de deus.

Ator de uma voz grave e marcante, Freeman  ganhou seu Oscar quando interpretou Eddie Scrap-Iron - um ex-boxeador no filme Menina de Ouro em 2005, contudo, mesmo sendo altamente versátil raramente aceitou interpretar personagens de má índole dando preferencia a papéis intelectuais. Mas quando representou um vilão como Sloan no filme de 2008 'O Procurado'  – um frio e calculista chefe que treina uma equipe de assassinos, Morgan não decepcionou seus fãs pelo seu desempenho altamente  douto.

Convidado pela Discovery Science Channel

Sua versatilidade veio à tona quando recebeu o convite para narrar um renomado programa de documentário na televisão norte americana que logo ganhou as TVs a cabo do mundo todo pelo Discovery Science Channel.

Publicidade

Com o nome de “Grandes Mistérios do Universo com Morgan Freeman” Ele somente aceitou o convite porque sempre gostou de ficção científica. #Cinema #Comunicação #Curiosidades