A humanidade precisa de símbolos: a árvore é um símbolo de gerar frutos, sejam eles bons ou ruins, tais como os são os filhos das mães, cada um deles original, podendo gerar mais árvores ou simplesmente passar pela vida. O Planeta Terra, conhecido como Planeta Mãe ou Mãe Terra ou Terra Mãe, também é símbolico e passa por uma significativa mudança climática, devastadoramente mostrando aos seus filhos habitantes que tem autonomia e que pode tirar, assim como já os deu, vida, muitas vidas. O gerar frutos das árvores (como mães do mundo todo procriam para que a humanidade exista e a automação tenta negar isso) e o prover da Mãe Terra aos seres vivos que a habitam, por habitats diversos, com diferentes culturas e formas, já em um número de espécies significativamente decrescente, poderiam ser ainda mais simbólicos com a demonstração de amor ao plantar uma árvore no dia das mães.

Publicidade
Publicidade

Mais do que um simples ato ecológico, significaria o cuidar de quem de si, ampliando o simbólico de tal ato.

Plantar árvore no dia das mães pode ser um símbolo de amor

O simbolismo seria ainda maior, se ao plantar uma árvore no dia das mães, os “avós” e “parentes” fossem convidados, pois é isso a natureza da família: uma unidade humana mínima que cuidam uns dos outros, como filhos gerando novos filhos para que a velha geração possa apreciar. Ao plantar uma árvore para uma mãe, um filho terá um fruto concreto para apreciar, tal como na sua infância: a candura da sua sombra como berço, o leite de seus frutos para o alimento, a proteção de seus galhos e raízes contra os adventos climáticos adversos e o modelo de como deve ser uma mãe, suave e forte, na defesa de sua prole, seja ela de qual gênero for.

Publicidade

O ato em si é simples (plantar), mas associado a um dia de celebração, especial pode acarretar uma grande mudança de comportamental, que não seja só a sensação de que dá trabalho (como os filhos), que suja e quebra (como os mal-educados filhos) e nem inoportunas (que fazem birra para chamar atenção).

Natureza como mãe é um símbolo

Simbolismo é uma linguagem natural dos homens. Sinais, idiomas e gestos são algumas formas de expressar o que se deseja. Como o significado só se aprende em um meio social, a cultura escolhe os principais símbolos a serem compartilhados, sendo alguns universais, como ser mãe, que representa muito mais do que um simples nascimento, mas toda uma mudança de comportamentos das pessoas que compartilham o novo ser e fazem disso a justificativa para a mudança de suas rotinas individuais e egoístas. Assim, se realmente existe o desejo de salvar o planeta da sua destruição sistemática, devido a modelos econômicos míopes, não instrumentalizados para aferir todas as benesses (mercadológicas inclusive) que a #Natureza oferece, então o maior possível movimento “macro-contingenciado” seria a plantação de árvores no dia das mães.

Publicidade

Cuidar das árvores, como as mães cuidam dos filhos e, principalmente, promover um encontro de famílias ao ar livre, sujando as mãos com terra e liberando o precioso tempo para uma atividade que pode colaborar para salvar milhões de vidas, inclusive a sua... #Comportamento #Blasting News Brasil