País do Futuro; sempre ouvimos dizer que o Brasil é o país do futuro. Avaliando nosso presente, o futuro do Brasil parece cada vez mais distante, mas por que? O que está errado?

Há vinte anos, parecia que tínhamos tomado finalmente o caminho que nos levaria ao futuro. A inflação havia sido controlada, nossa nova moeda era forte e estável e novas leis impunham mais responsabilidades aos nossos governantes, obrigando-os a serem finalmente responsáveis pelas finanças do estado.

Naquela época, o governo transferiu para o setor privado as empresas de telefonia e energia, entre outras que impediam o desenvolvimento econômico do país.

Publicidade
Publicidade

Não havia linha telefônica disponível para se iniciar um novo negócio, o empreendedor deveria alugar uma linha telefônica de algum investidor pois a companhia telefônica não dispunha de novas linhas, comprar uma linha era extremamente caro. A desestatização do setor de comunicação trouxe a disponibilidade e melhoria dos serviços de telefonia.

As empresas estatais não tem compromisso com seus resultados, ser eficiente e lucrativa é um mero desejo e não o seu objetivo, e pior, não competem com o mercado pois detém o monopólio e, portanto, não investem em novas tecnologias e pesquisas tornando-se ultrapassadas e ineficientes rapidamente.

Seus cargos gerenciais administrativos são na verdade cargos políticos, sendo trocados de acordo com os interesses dos partidos políticos resultando numa administração incompetente e corrupta.

Publicidade

Infelizmente a Petrobras não foi privatizada, graças a uma presidência, conselho administrativo e diretorias ocupadas por políticos incompetentes que efetuaram péssimos negócios buscando apenas benefícios para seus partidos políticos, hoje vemos a gigante brasileira endividada, sendo talvez a empresa mais endividada do mundo e considerando-se o mercado mundial de petróleo fica difícil acreditar que nossa gigante consiga se recuperar.

Realmente, é visível que o país piorou muito em sua economia, tivemos a volta da inflação de dois dígitos, tivemos a redução das oportunidades de trabalho e de negócios, ou seja, vivemos uma cruel recessão econômica que sacrifica principalmente os jovens que investiram em sua formação profissional e agora não conseguem uma oportunidade em sua área de formação, podendo perder o dinheiro e tempo investidos, tempo este que jamais será recuperado.

Parece claro que o caminho tomado pela nossa economia nos levou a um resultado oposto ao nosso futuro almejado, está claro que o Brasil caminha para a pior recessão de sua história.

Publicidade

Alguém definiu prioridades erradas, ou escolheu resultados diferentes daqueles sonhado pela maioria da população ou será que este é o futuro que almejávamos?

Não, não foi esse o futuro econômico que almejávamos para nosso país há vinte anos atrás. E qual será o caminho correto? A resposta está na história, o mundo é um grande laboratório onde podemos ver países de sucesso e países de fracasso, sociedades livres, justas e felizes e sociedades fechadas, preconceituosas e sofridas. Não temos que inventar nada, tudo já foi inventado, temos apenas que estudar, entender, escolher e aplicar a política correta e de sucesso. #Blasting News Brasil