Centenas de milhões de pessoas ao redor do mundo já ouviram falar ou são fãs de Rihanna, nascida em 1988 na ilha caribenha de Barbados, a qual é cantora, mas ainda atua como produtora musical, designer de moda, dançarina e também atriz. Rihanna após mudar-se para os EUA conquistou nas paradas de sucesso, enorme êxito com as músicas “Umbrella”, “Shut Up And Drive”, entre outras.  

Tanto é assim, que a moça de Barbados já venceu um Grammy da música norte-americana e conquistou fama crescente pelas suas baladas que fazem todos dançar, assim como a eletrizante “Work”. Entretanto, para quem nunca pensou que Rihanna pudesse fazer parte de sua vida, com algo mais do que a música, a cantora oferece bolsa para cursos universitários aos brasileiros, cubanos, haitianos jamaicanos, norte-americanos e também cidadãos da Guiana e Barbados nos Estados Unidos.

Publicidade
Publicidade

Ao ser entrevistada muito recentemente por um conhecido portal de notícias norte-americano, que é o USA Today, Rihanna fez questão de veicular a edição do que pode ser chamado de programa de bolsas para estudo global, , projeto esse que foi bancado por uma fundação pertencente a artista, de nome CLF - Fundação Clara Lionel, atuante nos segmentos da cultura, educação e ainda no campo da saúde.

Rihanna frisou na sua entrevista que para ela, a criação de perspectivas e ensinamento as crianças se dará por meio da educação de nível superior e que ela se emociona com tudo isso o que está acontecendo.  

Os prazos, regras, e benefícios para os candidatos que se considerem aptos ao processo de recrutamento e seleção em questão são os seguintes:

  • Todos os candidatos terão de ser aceitos por parte de um programa de graduação de qualquer centro de ensino universitários dos EUA, de 2016 a 2017, só frisando que no hemisfério norte, as aulas se iniciam no mês de setembro.
  • Aos aprovados no final da seleção, serão destinadas bolsas que oscilam de US$ 5 mil a US$ 50 mil e com o grande diferencial de que essas mesmas bolsas têm a perspectiva de se renovarem por mais 3 anos.

Dia 10/06 é a data limite final para se inscrever no programa junto ao site do organizador oficial do concurso que é a CFL.

Publicidade

Os nomes dos 50 finalistas ganhadores serão anunciados em agosto deste ano, os quais sofrerão avaliações no que diz respeito a performance acadêmica, experiência profissional, participação no ambiente da escola, realização de trabalhos de cunho voluntários e atividades complementares e mais outros itens de julgamento. #Seleção de Futebol #Curso #Estudar no exterior