O empresário americano Paul Salo, atualmente vivendo na Tailândia, lançou uma campanha online de financiamento coletivo, mais conhecida como crowdfunding, para arrecadar um milhão de dólares (cerca de R$ 3,5 milhões no câmbio atual) com o intuito de recriar o atentado de 11 de setembro de 2001 ocorrido em Nova York, nos Estados Unidos, e provar de uma vez por todas se as teorias conspiratórias a respeito do incidente são verdadeiras ou não.

Existem inúmeros sites e vídeos na internet propondo várias teorias sobre o atentado às Torres Gêmeas do World Trade Center, que tirou a vida de 2.996 pessoas. Em uma tentativa de recriar o ataque – de forma segura e controlada, obviamente sem causar nenhuma morte – Salo pretende comprar um Boeing 747 prestes a sair de serviço ou outro avião similar e um edifício vazio prestes a ser demolido, em uma localidade ainda a ser escolhida.

Publicidade
Publicidade

A ideia é acelerar a aeronave, cheia de combustível, a até 800 km/h, arremessá-la usando o piloto automático contra o prédio e verificar se a construção se comporta do mesmo modo que as Torres Gêmeas, desabando de maneira similar.

Assentos na primeira fila

O empresário publicou um vídeo no YouTube falando de sua campanha de financiamento coletivo. Segundo consta no vídeo, pessoas que doarem US$ 5 mil (R$ 17,5 mil) ou mais ganharão um ticket para presenciarem o estranho espetáculo na "primeira fila".

Salo diz que seu projeto é importante, e acredita que a reconstrução do ataque pode elucidar, através de uma "física similar", o que causou o colapso das Torres Gêmeas.

Na página de arrecadação de fundos para o experimento, batizado de 911Redux, o americano escreveu: "É um importante projeto por muitas razões.

Publicidade

Muitas pessoas duvidam de vários detalhes de 11 de setembro. Como o mundo mudou, a nossa confiança no governo e nos meios de comunicação social têm diminuído significativamente. Queremos ver por nós mesmos".

Teoria conspiratória

Uma das teorias conspiratórias mais divulgadas sobre o atentado diz que as Torres Gêmeas não poderiam ter desabado da forma como o evento ocorreu, e que o colapso, na verdade, teria sido causado por uma demolição controlada, executada pelo próprio governo americano. Um fato que reforça a ideia é que pessoas próximas ao World Trade Center supostamente teriam ouvido uma série de explosões antes dos prédios desabarem.

Assista ao vídeo divulgado por Paul Salo, em inglês:

Assista também a este pequeno documentário, que aborda algumas das "anomalias" sobre os atentados de 11 de setembro, com trechos dublados e legendados:

#Curiosidades #EUA #Ataque Terrorista