Colin Furze é o nome do um jovem inventor britânico que criou um veículo parecido com uma bicicleta que pode voar. Ele diz que a ideia surgiu a pedido de milhares de seguidores dos seus vídeos nas redes sociais.

Hoverbike - é o nome de sua invenção, que é resultado de sua parceria com a Ford. Essa parceria visa encontrar soluções de mobilidade alternativas ao uso de combustíveis fósseis. Ele utiliza hélices de alta potência usadas em "powered paragliding", gerando uma propulsão que permite voar.

Muitos podem achar isso uma ideia maluca ou engraçada. Mas se recordarmos o passado, veremos que tudo que temos hoje a nossa volta como coisas normais, foram resultado da invenção de alguém.

Publicidade
Publicidade

O avião, por exemplo. O homem sempre teve o desejo de voar. Ao longo da história existem vários registros de tentativas mal sucedidas de vôos. Muitos acreditavam que voar fosse impossível para o ser humano. E nas primeiras tentativas de vôos, parecia para muitos que a ideia era apenas coisa de malucos.

Nos anos 90, no livro Guia do Mochileiro das Galáxias, que virou filme em 2005, mostrava o que não passava de uma agenda eletrônica, que na época parecia surreal. Hoje, é perfeitamente normal o uso de smartphones.

Mas, seria mesmo possível existirem carros voadores no futuro?

Apesar dos avanços tecnológicos e ser marca registrada de filmes de ficção, é muito improvável que isso venha a existir mesmo, por quatro razões:

  • É muito difícil pilotar um avião. Carro voador, seria realmente um avião. Já viu um painel de avião? A dificuldade é tanta que é necessário até um co-piloto! Imagine os motoristas que vemos normalmente dirigindo por aí, pilotando um avião!
  • Todo acidente seria fatal. A maioria dos acidentes de carros são apenas pequenas batidas, sem vítimas. Acidentes aéreos, por outro lado, são verdadeiras catástrofes.
  • Seria impossível haver controle do tráfego aéreo. Imagine o que seria necessário para controlar milhares de aviões sobrevoando as cidades!
  • Não resolveria o problema de congestionamento. Mesmo que não houvesse congestionamento nas ruas, haveria no céu.

Quando se está num congestionamento, é normal pensar como seria bom apertar um botãozinho, levantar vôo e passar por cima dos outros carros.

Publicidade

Realmente existe essa tecnologia. É o vôo VTOL, ou Vertical Take Off and Landing. Esse tipo de avião é usado exclusivamente para fins militares por uma razão: não é prático. E além do mais, imagine a fila imensa que haveria de aviões esperando para aterrissar! Por isso essa fantasia, jamais se realizará.  #Inovação #Curiosidades #Desenvolvimento Tecnológico