A inesperada decisão proferida pela suprema corte canadense nesta última quinta-feira, 9 de junho, trouxe surpresa e causou sentimento de indignação nos protetores e ativistas pelos direitos dos #Animais ao redor do mundo. A decisão determinou que, desde que não haja o ato de penetração determinadas práticas sexuais envolvendo animais são consideradas normais e aceitáveis e não configuram bestialidade ou zoofilia (como também é conhecida a pratica de manter atos sexuais entre um homem ou mulher com animais).

Segundo os magistrados, só se poderia falar em ato criminoso caso houvesse tido a penetração propriamente dita,caso contrario não há o que se falar em pratica de #Crime de bestialidade.

Publicidade
Publicidade

A polêmica decisão é fruto de um julgamento onde um homem, de idade e nome não revelados, uma vez que a ele se referiam apenas pelas inicias DLW, foi absolvido pela corte canadense da acusação de bestialidade ou zoofilia. Sob o réu em questão pesava a acusação de praticar atos sexuais envolvendo animais, pois além de abusar sexualmente de suas filhas (crime este ao qual o homem está sendo punido nos rigores da lei), o mesmo envolveu um animal numa situação em que passou pasta de amendoim na genitália de suas filhas e colocou o animal para lamber, enquanto se satisfazia da cena e filmava tudo.

O posicionamento da corte canadense traz revolta e muitas críticas, pois está sendo considerada como uma decisão que vem na contramão do atual cenário. Ativistas, protetores de animais e a sociedade vêm lutando para que se aceite e se reconheça cada vez mais que animais são seres sencientes que sentem dor, frio, alegria, amor e merecem ter seus direitos respeitados e garantidos.

Vale a pena lembrar que a discussão sobre o referido tema sempre tem gerado polêmica e posicionamentos contraditórios, uma vez que tem países, como Dinamarca, Suécia ou Alemanha, que consideram esse ato sexual envolvendo um ser humano com animais como, até certo ponto, uma prática aceitavel; já outros países, como o Brasil, determinam que a pratica de zoofilia ou bestialidade é crime e deve ser duramente combatida e punida. #Curiosidades