Há alguns instantes a senadora petista Gleisi Hoffmann divulgou uma nota oficial em que diz que o dia de hoje foi 'muito triste'. Triste porque seu marido, mais um intocável dos governos de Lula e Dilma foi preso pela Polícia Federal.

A 'tristeza' da senadora, que possui uma investigação contra ela entregue pela PF ao STF pode demonstrar medo por uma eventual abertura de processo contra ela no Supremo, pois a Polícia Federal não está dando trégua para os envolvidos em investigações de #Corrupção no Brasil.

Como Gleisi está acostumada a sempre bater de frente com todos que lhe pareçam um obstáculo, falando demais aquilo que não sabe e sendo rebatida com frequência por outros senadores e até mesmo pela advogada Janaína Paschoal, hoje foi o dia de abaixar a cabeça e ouvir o bumerangue da vida retornar em sua direção.

Publicidade
Publicidade

A resposta de Frota

Há algumas semanas Alexandre Frota foi recebido pelo atual ministro da educação, Mendonça Filho, em seu gabinete, situação 'repudiada' pela esquerda. Afinal, eles não entendiam porque um homem com um histórico de bad boy estava se misturando com a política.

Na verdade isso é medo porque Frota tem se mostrado uma grande pedra no sapato de muita gente e ainda tem ganhado o apoio dos poucos políticos ficha limpa desse país, como Eduardo Bolsonaro, Marco Feliciano, Jair Bolsonaro, deputados estaduais de São Paulo, entre outros.

Hoje foi o dia da vingança. Está disponível na internet um vídeo feito pelo próprio Alexandre onde ele critica a senadora e rebate as opiniões maldosas da esquerda. Ele deixa claro que não recebe propina, que não é bandido e que não está com os pulsos algemados, ao contrário do marido de Gleisi, que está atrás das grades.

Publicidade

Já Gleisi é chamada de propineira profissional, não só pelo seu marido ser acusado de ter recebido cerca de R$7 milhões em propinas em um esquema que pode ter desviado mais de R$100 milhões dos cofres públicos, mas também por ela ter sido investigada há três meses por receber uma propina milionária do esquema do Petrolão.

Gleisi não comentou o vídeo e preferiu fugir da imprensa durante todo o dia, mas as palavras de Frota devem ter funcionado como um 'tapa na cara', pois o que muito esquerdista não aceita é ter verdades introduzidas em seu mundo de faz de conta.

Deixe o seu comentário abaixo dessa notícia. #Petrobras #Congresso Nacional