Mario Sérgio Cortella é filósofo, escritor, palestrante e professor, altamente bem sucedido e um dos maiores divulgadores da Filosofia no Brasil. Se quando você pensa em Filosofia, logo lhe vem à mente termos como monotonia, complexidade, sonolência ou inutilidade, prepare-se para desconstruir todos esses adjetivos e adentrar em um novo mundo de possibilidades e reflexão.

Nascido em Londrina, no Paraná, Mario Sérgio Cortella formou-se em Filosofia pela Faculdade Nossa Senhora de Medianeira, no ano de 1975, então com 21 anos. Tornou-se mestre e doutor em Educação pela PUC-SP. Tem larga experiência como professor titular desde 1977 no Departamento de Teologia e Ciências da Religião e pós-graduação em Educação na PUC-SP.

Publicidade
Publicidade

Autor de inúmeros livros, sempre com uma linguagem acessível, porém, profunda, o professor viaja o Brasil todo dando palestras e conferências.

Quando não em rádio ou TV, seus vídeos sempre podem ser encontrados em abundância em redes sociais e em sites como o Youtube. Grande parte desses vídeos foram (ou são) filmados durante suas aulas ou palestras, onde é possível observar um desenvolver extremamente leve e envolvente, resvalando em situações engraçadas e divertidas (será que seria um exagero chamar de “stand-ups inteligentes e culturais”?). Em um desses vídeos, o professor demonstra o tamanho do ser humano com relação ao universo, tudo partindo da seguinte pergunta: “Você sabe com quem está falando?”. Deste ponto em diante, ele apresenta as principais pesquisas e descobertas realizadas pela ciência nos últimos tempos: o formato e tamanho do universo, a quantidade de galáxias e estrelas, a quantidade de espécies vivas no planeta Terra e a quantidade de seres humanos.

Publicidade

Após uma longa explanação, Mario Sérgio retorna à pergunta que abre a palestra: “Você sabe com quem está falando?”. Diante do extenso conteúdo apresentado pelo próprio, torna-se evidente a insignificância da raça humana perante a extensão do cosmo. Muito comparado com a reflexão feita por Carl Sagan (no vídeo abaixo) durante uma conferência em maio de 1996, na qual o astrofísico também evoca uma sensação de insignificância no ouvinte, o vídeo já ultrapassa 1 milhão de visualizações no Youtube e, embora já tenha mais de quatro anos desde sua publicação original, vale muito a pena ser visto e revisto.

Palestra - Você sabe com quem está falando? Mario Sérgio Cortella

Pálido Ponto Azul - Reflexão de Carl Sagan

#História #Arte