Se alguém perguntasse às pessoas: nessas suas férias quer viajar para o paraíso? A resposta provavelmente seria sim e diria: quero ir para a Grécia! De fato, por mais que o país atravesse problemas econômicos, a sua história, a sua mitologia e a sua #Natureza – flora e fauna – cheia de belezas naturais estão intactas, como se não dessem a mínima importância ao que acontece no mundo moderno dos negócios e economia. Melhor assim! 

Apesar de pequenina, a Grécia é capaz de reunir flora e fauna singulares, extasiando a todos de tão bonitas que são. O país tem demarcadas 132 áreas de vital importância no que diz respeito à conservação da vegetação e ainda possui 20 paraísos botânicos com flora endêmica e rara. 

Um dos locais na Grécia que parece o “Éden perdido” é Chania, cidade localizada na maior ilha grega, que é Creta.

Publicidade
Publicidade

Em Chania, proliferam plantas e animais também muito raros em todo o continente europeu. Aliás, a ilha de Creta tornou-se muito popular nos últimos anos, como um dos destinos mais requisitados para as pessoas que se consideram verdadeiros amantes da natureza, uma vez que a ilha tem cartões de visita inesquecíveis para aqueles que têm a oportunidade de vê-los ou admirá-los uma vez que seja em suas vidas. 

Em Creta, há opções para quem gosta de atividades ou práticas esportivas ao ar livre, locais fantásticos de mergulho submarino, trekking; ou para exploradores curiosos e profissionais de florestas, desfiladeiros, cavernas, rios e também as plantas e animais exóticos que estão na região insular. 

Chania é a segunda cidade de Creta, em tamanho, só ficando atrás de Heraklion, a capital da ilha, e está repleta de animaizinhos e flores de fazer qualquer um perder o fôlego.

Publicidade

Chania e seus arredores foram desmembrados em oito zonas consideradas imprescindíveis para funcionar como santuários da vida selvagem. Há de tudo um pouco em Chania, desde zonas costeiras úmidas, locais levemente montanhosos e grandes montanhas vistas ao longe no horizonte, sempre com os picos cobertos de neve. Existem também desfiladeiros e ravinas que hipnotizam quem os conhece. 

Simpáticas tartarugas marinhas habitam as águas de Chania, plantinhas diversas vicejam nas suas terras e, inclusive, foram reproduzidas em decorações no palácio minoico, como o lírio do mar e a violeta do mar, que crescem de modo descontrolado pelas regiões costeiras da ilha. 

As plantas exóticas do local são, na realidade, abrigos para a fauna do local, destacando-se desde as árvores como o ébano cretense ou “ploumi”, árvores de citrinos, figueiras, castanheiras e algumas das maiores oliveiras de todo o mundo, até as ervas medicinais minúsculas, dividindo o mesmo espaço. É nesse habitat que estão presentes o rato selvagem cretense, texugos, doninhas, ouriços, coelhos selvagens, entre outras espécies. 

De norte a sul da ilha existem montanhas rochosas com pouca vegetação, onde as cabras selvagens ou “kri-kri” como são conhecidas, fizeram o seu lar.

Publicidade

Isso sem esquecer o espaço aéreo dominado pelos abutres-barbudos e águias. Venha você também para o quintal dos deuses na Terra! #Turismo #Europa