Em Agosto de 2016, o Brasil será o primeiro país da America do Sul a sediar um dos maiores eventos do meio esportivo: os jogos olímpicos. Para que tudo ocorra de maneira correta, uma super estrutura teve que ser planejada e montada, tendo sido gastos mais de 39 bilhões de reais, que foram investidos na infraestrutura do Rio de Janeiro e em alguns aeroportos.

Levando em consideração que o Brasil passa por uma #Crise econômica, e é um país que não tem uma infraestrutura de qualidade comparada a outros países onde já foram sediados os Jogos Olímpicos, nos perguntamos: será que está na hora do nosso Brasil ser sede de um mega evento como esse? E a resposta é vista pelos nossos próprios olhos, que é a falta de qualidade de nossas estradas e aeroportos, a pequena quantidade da linha do metrô, a situação de nossos estádios de futebol, a falta de qualidade dos serviços públicos, as dificuldades da mobilidade urbana e o grande e maior problema, a falta de segurança, saúde e educação.

Publicidade
Publicidade

Mas como não há mais nada a se fazer, as Olimpíadas serão realizadas no Rio de Janeiro. Devemos apenas dar um olhar positivo: todas as estruturas esportivas e urbanas criadas serão deixadas no Brasil quando o evento terminar e esses jogos olímpicos podem ser uma boa oportunidade de recuperação da crise econômica. O evento esportivo mais importante do mundo deve deixar legados positivos para o país, principalmente no Rio de Janeiro. Os benefícios serão infraestrutura de qualidade, revitalização e bens imateriais. Poderão aumentar as exportações, o turismo vai crescer, e com isso movimentar muito mais  dinheiro no país, novos empregos vão surgir, houve um grande aumento do incentivo para preparar as pessoas para dominar a língua inglesa, ocorreu um grande estímulo das práticas esportivas e tudo isso com os olhos voltados para o Brasil.

Publicidade

O comitê dos Jogos Olímpicos Rio 2016 diz que, se não fosse pelo evento, as obras que foram realizadas demorariam mais de 20 anos para ficar prontas. Isso mostra que os organizadores correram contra o tempo para construir obras importantes para o Rio de Janeiro.

Com todo o investimento para os jogos, espera-se um surpreendente retorno econômico, junto com melhorias significativas no nível de desenvolvimento do país. Quando se fala de legado imaterial, o mesmo se refere ao investimento na segurança, na promoção de saúde e no incentivo na prática esportivas. #Rio2016