Thalles Roberto está completando 20 anos de carreira. Ele começou no Jota Quest, e no Jamil e Uma Noites, mas lançou seu primeiro álbum em 2006, na banda Éden. Hoje, ele coleciona músicas de sucesso e polêmicas no meio gospel. Ele investiu na carreira solo em 2004, lhe rendendo o prêmio de Melhor Música Cristã. Em 2010, recebeu o prêmio de revelação no Melhores do Ano Gospel, se tornando popular na mídia. A partir daí, começou a fazer declarações, chocando a comunidade evangélica no Brasil.

O cantor teve a música 'Filho Meu' criticada por pastores e teólogos, considerada herética. Deixou seus fãs perplexos ao declarar que cantar música gospel é como bater em bêbado.

Publicidade
Publicidade

Chegou a cancelar um show por achar o valor do cachê muito baixo e foi chamado de mercenário pelos evangélicos. Depois, lançou uma nova versão da Bíblia Sagrada, custando mais de 100 reais. A Bíblia contém a sua história de vida antes do livro de Gênesis, se tornando um livro apócrifo. 

Por fim fez a grande declaração dizendo que Deus lhe deu um chamado para deixar de cantar no meio evangélico. Passou a se dedicar ao público não religioso, alegando que música gospel é tudo igual. Com suas atitudes, Thalles está sendo menosprezado pelas denominações evangélicas e totalmente reprovado por seus colegas e cantores evangélicos. Todos os momentos em que ele fez parcerias com músicos fora do mundo gospel ele foi considerado desviado.

É curioso ver as pessoas o criticando e o chamando de mercenário, sendo que, na música gospel, há pessoas que ganham cachês muito maiores e só comparecem aos shows depois de acordado o valor.

Publicidade

Também o fato dele ser considerado afastado por se relacionar e tocar com pessoas que não envolvem o mundo evangélico, pois ele afirma que continua cantando para Deus. Como ele não 'dançou a música' tocada pelas denominações, foi criticado e desprezado.

Venda de CDs e livros com conteúdos que, muitas vezes não são considerados cristãos, são vendidos no meio evangélico constantemente, porém, talvez ele tenha sido o único criticado por falar abertamente sua opinião sobre o mundo gospel, indo contra as convicções dos evangélicos, que acreditam que o caminho certo é apenas o que eles indicam. #Famosos #Igreja #Religião