Quem nunca ligou para o parceiro só para ver onde ele estava? Ou quem nunca teve vontade de ter acesso aos e-mails da namorada? Essas atitudes tem um nome especifico e se chama ciúmes. É um sentimento absolutamente natural no ser humano e, se usado com moderação, pode até apimentar a relação. O problema começa quando o ciúme aumenta em doses exageradas, chegando até a sufocar o parceiro. Isso não é bom e por muitas vezes mina o relacionamento que tinha tudo para dar certo.

Agora vamos piorar um pouco as coisas para os ciumentos de plantão. Como aliar o tão famoso ciúme com as novas tecnologias como Facebook, Instagram e Whatsapp? Como monitorar o parceiro com tantas ferramentas? Vigiar as pessoas em tempo real é extremamente desgastante para quem faz.

Publicidade
Publicidade

Mas acredite ou não, a maioria das pessoas faz ou já fez algum tipo de marcação cerrada. Não quer dizer que isso seja errado e você esteja cometendo um crime, a questão é que ninguém quer ser passado para trás ou feito de idiota. Só isso.

Mas esse tipo de atitude não faz bem. Em momentos de emergência essas táticas podem servir, mas em outras situações ou somente porque virou hábito e você está cheia de neuras, não é legal. A não ser que você tenha indícios ou razões para isso, do contrário, relaxe e confie mais no seu parceiro, por mais que seja difícil. Todos conhecem e bem aquele ditado de que quem procura acha, concorda? Não é porque aquela loira linda o cumprimentou e nem olhou para sua cara que ela é amante dele, não é? Para com isso.

Você deve ter em mente que ficar criando minhocas na cabeça só vai piorar as coisas e não faz bem ao casal.

Publicidade

A pessoa controladora se torna, com o passar do tempo, insuportável, e as pessoas ao redor desse detetive particular vão se afastando aos poucos. Em pouco tempo você pode se ver sozinha e sem amigos por culpa desse seu jeito nada agradável de ser. Náuseas, dores de estômago e de cabeça podem ser frutos da sua imaginação sobre seu parceiro. Em suma, confie mais em seu taco e seja feliz com o amado.  #Dicas #Comportamento