A foto que indignou a internet nos últimos dias e se tornou viral, enfim, ganha uma explicação. A imagem que foi publicada em redes sociais com a mensagem 'quem deixa o bebê no chão desse jeito?', deixou milhares de internautas completamente revoltados com a situação. O bebê, aparentemente com cerca de 3 meses, não mais que isso, foi fotografado deitado no chão de um #aeroporto, enquanto sua mãe estava sentada no banco, mexendo no celular.

A princípio é uma imagem que revolta, levando em conta que, a primeira impressão é de que a mãe simplesmente largou a criança ali para ficar em redes sociais. Supostamente uma imagem de descaso.

Publicidade
Publicidade

Mas a verdade não é essa, o que se esconde por de trás dessa #fotografia não é uma mãe irresponsável, mas sim uma companhia aérea sem responsabilidade alguma com seus passageiros.

Molly Lensing é a mulher que estava ao celular na imagem e, nos últimos dias, após a repercussão na web, a mulher, junto à empresa aérea Delta Arlines, prestaram esclarecimentos sobre o ocorrido. Ela voltava de uma visita ao seu irmão, em Colorado, seu vôo faria uma conexão em Atlanta, onde a foto foi tirada, mais precisamente no Aeroporto Internacional Hartsfield-Jackson.

A verdade é que a mulher estava há dias esperando essa conexão que não ocorria nunca, por conta da empresa Delta Arlines. Seu vôo estava marcado para uma segunda-feira, mas, por problemas da companhia aérea ele foi transferido para terça-feira, e, mesmo assim, ainda atrasou 6 horas.

Publicidade

Nesta confusão, a mulher acabou por perder a conexão que ocorreria em Atlanta, sendo obrigada a ficar por horas no aeroporto, onde conseguiu outra conexão à 24h, mas que também foi cancelada. Ela precisou ficar até 4h30 da manhã no celular resolvendo o problema com a empresa, pois estava com seu bebê e ambos dormiram no chão do aeroporto, pois, no horário, já não havia como reservar nenhum hotel próximo. Foi então que ela deixou o bebê dormindo no chão e levantou-se para continuar resolvendo a situação, para que pudessem retornar a sua casa.

A empresa se responsabilizou pelo ocorrido e afirma que enfrentava muitos problemas com seus passageiros por conta dos atrasos e cancelamentos de voos.  #Curiosidades