Bispo Alfredo Paulo pertenceu à Igreja Universal do Reino de Deus por mais de 30 anos. Atualmente, possui um canal no YouTube e uma página no Facebook, relatando sua experiência na instituição, bem como outros casos que foram denunciados por ex-membros e ex-pastores. Diante da repercussão das denúncias, Alfredo tem recebido e-mails de pessoas que ainda pertencem à denominação dizendo o que a cúpula da #Igreja está planejando fazer com seus vídeos.

De acordo com o e-mail recebido, existem pessoas na IURD que ficam responsáveis por cuidar das publicações nas mídias, controlando e coibindo qualquer material que possa trazer os bastidores da instituição à tona. Existe um pastor destinado a cuidar somente dos vídeos publicados do Bispo Alfredo Paulo. Esse homem também tem pedido a outros líderes para escrever frases criticando e condenando vídeos de Alfredo, alegando que eles têm sido prejudiciais à fé. A instrução é para que eles se passem por membros, como se os fiéis comuns não aprovassem a atitude do bispo.

A intenção é fazer denúncias em massa para que o canal do Bispo Alfredo Paulo seja retirado. Eles são orientados para classificar os vídeos como 'não gostei' para que o YouTube tome providências. Há pessoas que querem que Alfredo faça um grupo no Whatsapp para poder colher informações sobre os planos dele. O bispo afirmou que já fizeram isso outra vez e o canal do YouTube foi retirado. Se fizerem novamente, ele está disposto a criar outro canal e recomeçar as denúncias.

Para Alfredo, a cúpula da Igreja Universal quer retirar os vídeos do YouTube pelo fato de conterem informações sobre maus tratos, manipulação, escravidão e exploração que os membros e pastores da IURD sofrem. O bispo já está se preparando juridicamente para fazer sua defesa, com a ajuda de advogados. Eles também pretendem criar uma associação para ajudar ex-pastores, ex-obreiros e ex-membros que se sentem lesados pela instituição.

Bispo Alfredo convida a todos que querem participar e ajudar na associação a entrarem em contato com ele.

Veja os vídeos:

#Gospel #Religião