Nem sempre é fácil suportar uma traição, ainda mais quando é de alguém a quem muito amamos. Por mais que o assunto seja difícil, o fato é que a traição é muito comum na sociedade em que estamos vivendo.

Ser traído por quem gostamos pode fazer com que sentimentos como tristeza, solidão, e até mesmo culpa recaia sobre a pessoa traída. E não é tão simples assim passar por isso. Mas e quando o assunto é perdoar? Talvez seja mais complicado ainda.

De acordo com Sheila Rigler, especialista em relacionamentos, em uma máteria feita no site família, ao contrário do que muita gente pensa, a traição nem sempre é por causa do sexo. Segundo ela, muitos acabam traindo porque procuram “emoção” que não encontram mais em seus atuais relacionamentos.

Publicidade
Publicidade

Isso acontece em muitos casos por causa da rotina, ou problemas financeiros onde os dois acabam esquecendo do relacionamento, e passam a viverem sozinhos dentro de casa. Não dividem objetivos, ou realizações, não tem mais dialogo, ou empatia um pelo outro.

Mas afinal, é possível perdoar uma traição?

Em primeiro lugar é importante que a pessoa que foi traída, não se sinta a culpada por isso. É necessário também descobrir quais foram os motivos que levaram o parceiro a trair, mas isso nunca deve ser usado como uma desculpa, e culpa.

É preciso analisar os fatos sobre a questão do perdão. Ou seja, analisar o relacionamento, se apesar da traição ainda é viável reconstruir. Lembre-se que perdoar é uma coisa, consertar o relacionamento é outra. Mesmo que você perdoe, se os dois não tiverem dispostos a melhorar o relacionamento, nada irá mudar, e uma nova traição com o tempo irá novamente surgir.

Publicidade

A especialista ainda diz uma frase muito importante: “livrar das mágoas de ter sido traído (a) e perdoar, é uma coisa, porém, viver com a pessoa que te feriu, é outra totalmente diferente”, tenha consciência disso.

Perdoar ou não perdoar: cabe somente a pessoa a decidir isso. Lembre-se em primeiro lugar que o perdão é um livramento, mas como citado acima, é preciso analisar todo o relacionamento para chegar na conclusão se vale a pena continuar. Tenha em mente que perdoar pode fazer bem para você mesmo, porém, continuar às vezes em um relacionamento desgastado não. #Entretenimento #Dicas #Curiosidades