Da próxima vez que for utilizar o Instagram fique muito atento a certas atitudes que poderão mostrar que você está com depressão. As pessoas quando visitam o perfil de alguém no #Instagram têm a impressão de que a vida para ela está uma maravilha, afinal são tantas fotos lindas sendo compartilhadas, mas observando alguns detalhes, você poderá descobrir que na verdade, aquele usuário está passando por um momento difícil.

Uma pesquisa conseguiu mostrar que as imagens divulgadas no Instagram podem indicar se uma pessoa está sofrendo com a depressão, por exemplo, se alguém compartilhar uma imagem somente em tons azuis, ou cinzas, ou ainda se optar pelo filtro "Inkwell", quando a foto fica em preto e branco, é sinal que o usuário está com sintomas de depressão.

Publicidade
Publicidade

Pelo menos é o que garante os pesquisadores da universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

Para os pesquisadores de Harvard, O Instagram pode ser uma ferramenta importante na descoberta do que eles chamam de "primeiros sinais de problemas mentais", mas as descobertas não param por aí, pois um novo estudo, desta vez realizado por universidades na Alemanha, mostrou que as pessoas que ficam no #Facebook acompanhando a postagem de outros usuários estão propícios a sentirem inveja, principalmente quando se deparam com as postagens de fotos que mostram as pessoas de férias em lugares maravilhosos.

A jornalista Jessica Winter acusa o Instagram de também ser responsável por causar o sentimento da "inveja" nas pessoas. Ela ainda acha que o Instagram ainda causa muito mais inveja nas pessoas do que o Facebook, já que a primeira é uma rede social exclusivamente para fotos e os usuários tendem a compartilhar apenas os bons momentos da vida e situações de alegria e felicidade.

Publicidade

Enquanto alguns acusam as redes sociais de causarem depressão nos usuários, outros alegam que se curaram do mal justamente por esta nova ferramenta. Bryony Gordon, escritora britânica, contou que era uma pessoa muito sozinha e que se sentia muito mal, mas foi só começar a usar o Twitter que encontrou várias pessoas que se sentiam como ela e agora elas se encontram, conversam e já tem gente até de outros países se envolvendo no grupo que se formou.

Você acha que as redes sociais causam depressão, ou podem ajudar as pessoas que se encontram em uma situação assim? Deixe abaixo sua opinião. #Internet