Muitas mulheres acham que vivem um casamento ou namoro perfeito, pelo fato de nunca terem sido agredidas fisicamente pelo marido ou namorado. Porém, muitas se esquecem de que a #Violência contra #Mulher vai muito além de agressão física. O tom de voz durante uma conversa, as atitudes e outras posturas inadequadas são  consideradas violência psicológica.

A organização Mundial da Saúde (OMS) informa que, em todo o mundo, a cada três mulheres, uma é vítima de violência, seja ela física, moral, íntima ou psicológica. Por não ser tão claramente vista como violência, o tipo denominado 'psicológica', muitas vezes, deixa de ser identificado ou passa despercebido pela população e por mulheres que convivem com esse tipo de tratamento.

Publicidade
Publicidade

E ela passa a ser confundida meramente como um ataque de ciúmes, ofensas, ou controle demasiado.

Não existe casal perfeito e os desentendimentos fazem parte de qualquer rotina, porém, quando essa conduta causa dano emocional e enfraquece a autoestima e tem objetivo claro de humilhar e constranger, é certo que não é apenas uma briguinha de casal. Veja algumas situações abaixo que se enquadram como violência psicológica do parceiro contra mulher:

- Ele determina o jeito como ela se veste, come, ou conversa com outras pessoas;

- Deixa claro que seus amigos e família "não prestam". Desqualifica as pessoas que fazem parte de seu convívio;

- Critica tudo que a parceira faz, seja uma comida, ou outra tarefa;

- Xinga a parceira de nomes de baixo calão, ou de " imprestável", "otária" e outros semelhantes;

- Humilha a parceira em público, e ainda acha que teve motivos para isso;

- Faz críticas contra o corpo da parceira, e acha que é só uma brincadeira, e que você não tem direito de se sentir incomodada;

Quem passa ou conhece alguém que esteja vivendo em uma situação parecida, é fundamental pedir ajuda a um amigo de confiança e, se necessário, procurar um profissional especializado.

Publicidade

A mulher não deve justificar tais comportamentos e aceitá-los como normais e meras falhas do parceiro. É preciso enxergar a realidade e não tolerar atitudes que possam acabar com sua vida emocional. #Dicas